Vigilante QSL + Informação!
 

Pesquisa Avançada
 





Meu Perfil
BRASIL, Sul, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, Informática e Internet, Cinema e vídeo




 Dê uma nota para meu blog


 Jogos 3D
 @VigNaoGuardinha
 Comunidade Vigilante QSL
 UolKut Vigilante QSL






Vigilante QSL


Família de vigia agredido na Americanas faz almoço para custear cirurgia - MS

Jornal Midiamax-04/06/11: Neste sábado, 4, acontece um almoço beneficente para custear as cirurgias que o vigilante Márcio Antônio precisa fazer para reparar os danos provocados por agressões sofridas por ele no interior de uma unidade da Lojas Americanas, em abril deste ano. O evento começa as 11h30, na Rua João Tessitore, 252, bairro Cachoeira.

 

O ingresso individual custa R$ 10,00 e o valor arrecadado será para as cirurgias reparadoras, principalmente do nariz de Márcio, que ficou quebrado em três locais. Como a Santa Casa não está fazendo cirurgias eletivas e o vigilante tem urgência no procedimento, amigos, familiares, entidades e também políticos resolveram promover a ideia do almoço.

 

O fato

Márcio Antônio rlata que foi agredido por um segurança que trabalha na Lojas Americanas, que fica entre a dom Aquino e Marechal Rondon, na véspera da páscoa deste ano. A alegação do agressor foi que a vítima era suspeita do furto de um ovo de chocolate, em borá o “cliente ainda estivesse no interior do estabelecimento.

 

Márcio rebate dizendo que o ovo que estava em seu poder foi comprado em um atacadista em outro bairro e que, inclusive tem a nota de compra comprovando. Até hoje o chocolate não foi devolvido para a vítima ou encaminhado para a polícia.

 

Informações sobre o almoço beneficente podem ser obtidas pelo telefone: 9144-4131.

 

Eliane Souza



Escrito por Fonte às 16h17
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Ladrões explodem caixas eletrônicos em Ribeirão Preto - SP

Jornal Tôsabendo-04/06/11: Uma agência do Banco do Brasil foi alvo de ataque de ladrões na noite de ontem (3), em Ribeirão Preto (a 313 km de São Paulo). Os suspeitos usaram explosivos para tentar abrir os caixas eletrônicos, mas, segundo o registro policial, nada foi levado. A agência ficou parcialmente destruída.

 

De acordo com a ocorrência, dois homens --um deles com o rosto coberto-- entraram por voltas das 21h45 na agência do Banco do Brasil da rua Rangel Pestana, na Vila Virgínia, e acionaram um explosivo. O vigia acompanhou a ação pelo sistema interno de câmeras e chamou a Polícia Militar. O alarme da agência também foi acionado.

 

Segundo o vigia, os homens fugiram sem levar nada, já que os cofres que armazenam as cédulas nos caixas não foram destruídos. A agência, porém, teve danos na fachada de vidro e no teto.

 

Fonte do rss



Escrito por Fonte às 16h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Duplo homicídio em Arapiraca - AL

O Jornal Web-04/06/11: Os caseiros Eronildes Resende dos Santos, de 78 anos, e José dos Santos, 35, foram mortos com golpes de faca no pescoço, na noite desta sexta-feira (03). O crime foi praticado na casa onde eles trabalhavam, na rua professor Domingos Correia, bairro Ouro Preto, periferia de Arapiraca.

 

De acordo com as informações colhidas pela polícia, os vizinhos notaram uma movimentação anormal no imóvel e avisaram o filho dos donos da casa, cujo nome não foi revelado. Como os pais estavam viajando, coube ao jovem autorizar a entrada de seguranças da empresa de vigilância Protege no imóvel.

 

Quando lá chegaram, os seguranças encontraram a casa revirada e os caseiros mortos.

 

Peritos do Instituto de Criminalística estiveram no imóvel, realizaram a perícia e em seguida, os corpos das vítimas foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca para a necropsia.

 

O caso será investigado pela equipe da Delegacia Regional de Arapiraca.



Escrito por Fonte às 16h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Sai aumento para vigilantes do Rio de Janeiro

Jornal O Dia Online-04/06/11: Sai neste mês o aumento de 8% concedido a cerca de 50 mil vigilantes do Estado do Rio. A categoria também obteve 8% de reajuste no tíquete-alimentação, e o adicional de risco de vida sobe de 3% para 8%. O valores são retroativos a março, data-base da categoria.

 

O piso salarial passará de R$ 800 para R$ 864 e o tíquete, de R$ 8,20 a R$ 8,85. No período anterior ao acordo, houve reajuste de 18% na cesta básica, 11,5% no aluguel e 35% de aumento no preço da carne.

 

Os sindicatos do Rio, Campos, Nova Friburgo, Macaé, Nova Iguaçu, Belford Roxo, São Gonçalo e Volta Redonda assinam convenção coletiva na segunda-feira. Ficou acordado com o Sindicato das Empresas de Segurança (Sindesp) que o tíquete-alimentação e os dias parados em greve — 23 de marco a 29 de abril — não serão descontados. E não haverá dispensa ou punição.

 

Neste ano, a classe teve ganho real de 1,5% com base no INPC/IBGE. Em 2009, foi de 3,04% e, em 2010, 1,57%. A categoria salta do 13ª lugar para o 7ª piso nacional. Cláusulas anteriores, como triênio de 2% sobre o salário base, adicional de insalubridade e seguro de vida em grupo estão mantidas. Vale ainda a complementação da jornada de quem não atingir 192 horas no fim do mês.



Escrito por Fonte às 07h25
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Vigilante é principal suspeito de assassinato - PA

Jornal Diário do Pará-04/06/11: O juiz Antônio José dos Santos, da 3ª Vara Criminal da Comarca de Itaituba, Oeste do Estado, decreto, na quarta-feira (1º), a prisão preventiva do vigilante Delmilson Morais da Silva, principal suspeito da morte de Raphael Garcia da Silva, de 18 anos, que foi abatido cruelmente na madrugada do domingo, 22, em um hangar de manutenção de aeronaves, no aeroporto de Itaituba.

 

Segundo o delegado José Dias Bezerra, que preside o inquérito, Delmilson já era apontado como principal suspeito, desde que prestou o primeiro depoimento.

 

“Ele foi a pessoa que supostamente encontrou o corpo. Em seguida, ligou para o tio da vítima e passou a informação. Só que, ao prestar depoimento, ele contou histórias confusas. E isso levou a polícia a suspeitar de um possível envolvimento. Ele matou o rapaz com interesse na arma dele (Raphael)”, disse o delegado.

 

Delmilson permanece à disposição da Justiça, aguardando julgamento. O advogado Davi Salomão, que representa o acusado, chegou a contestar a forma como foi conduzida a prisão de Delmilson.

 

“Eu quero aqui denunciar que houve uma ação arbitrária. Ao ser preso via mandado de prisão preventiva, o meu cliente teria que ser conduzido ao Centro de Recuperação de Itaituba (CRI), não para a delegacia. Ele só foi trazido aqui para ser submetido a pressão e confessar um crime que eu não acredito que ele tenha cometido”, protestou Salomão.



Escrito por Fonte às 07h20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Alunos protestam contra violência na Ufra - PA

Jornal Diário do Pará-04/06/11: “Eram 17h30 quando resolvi sair. Quando estava em frente à Ufra para subir no ônibus, senti apenas alguém puxar minha mochila. Vi dois homens, um com uma garrafa de cachaça na mão e o outro com a mão por dentro da blusa fingindo ser uma arma. Fui me afastando e consegui gritar por socorro. Caí no chão e me machuquei, mas o trauma psicológico é pior”. Assim a médica veterinária Adriele Cardoso, formada pela Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), relata um dos momentos de violência vivenciados por ela no período estudantil.

 

Assim como ela, os outros alunos também têm várias histórias para contar sobre assaltos e furtos nas instalações da universidade. Eles resolveram apelar às autoridades protestando em frente ao portão da universidade, na avenida Perimetral.

 

A mestranda Ellen Eguchi, que representava os estudantes no manifesto, disse que o baleamento de um vigilante da Ufra na última quinta-feira foi o estopim. “É perceptível que o número de vigilantes não é o suficiente para o tamanho da área. As pessoas entram e saem sem o menor problema, e isso facilita bastante a ação dos bandidos”. Ela diz que sucessivos assaltos têm ocorrido na Ufra nos últimos meses.

 

Os manifestantes fizeram um abaixo-assinado para ser encaminhado à reitoria por melhorias na segurança. O reitor em exercício da Ufra, Paulo Santos, afirma não haver registro de assaltos dentro do campus, mas é consciente das deficiências existentes na segurança da universidade. Segundo ele, os casos de roubos no local foram durante a noite, quando alguns materiais do prédio foram levados, mas Santos afirma que nunca houve assaltos a alunos, servidores ou professores.

 

Segundo o reitor, os vigilantes ficam em pontos estratégicos nos 200 hectares de área - o equivalente a 200 campos de futebol. Ele informa que um processo de licitação está em curso para contratar segurança eletrônica e homens armados que irão compor o quadro dos 86 vigilantes. Quanto à segurança externa, o reitor comenta que é feita em parceria com a Polícia Militar.



Escrito por Fonte às 07h15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Polícia Federal aperta o cerco contra as empresas clandestinas - PR

Jornal da Manhã-04/06/11: A Polícia Federal está intensificando as operações de fiscalizações em empresas que prestam serviços de segurança privada em Ponta Grosa. A meta é inibir que a clandestinidade tome conta do setor.

 

A estimativa é de que pelo menos seis firmas que realizam o serviço no município estão na irregularidade. Segundo dados do Sindicato dos Vigilantes, hoje 500 pessoas atuam na profissão e a estimativa é de que exista o dobro trabalhando ilegalmente.

 

O delegado da Polícia Federal, 

Jonathan Trevisan Júnior, 

afirma que empresas que 

atuam sem autorização 

serão fechadas

De acordo com o delegado da PF, Jonathan Trevisan Júnior, o órgão está fiscalizando as empresas de segurança privada e irá fechar as que atuam sem estarem devidamente regulamentadas. “A empresa que não tem autorização da Polícia Federal para funcionar no ramo irá receber um auto de encerramento de atividades e deverá fechar as portas. Não pode prestar serviços de segurança”, ressalta Trevisan.

 

Contudo, caso a empresa tenha autorização para atuar no setor, mas os profissionais estejam irregulares será estipulada uma multa que varia entre R$ 2 mil a R$ 5 mil.

Leia a matéria na integra no JM impresso.

 

Autor: Diego Antonelli, da redação



Escrito por Fonte às 07h06
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Assaltante finge ter problemas mentais - MS

Jornal Correio do Estado-04/06/11: A polícia de Três Lagoas está à procura de um homem de aproximadamente 26 anos que tentou furtar o cofre do Banco Santander ontem (3).

 

Segundo informações da Polícia Militar, ele chegou na agência bancária por volta das 12h e sem ser percebido pelos funcionários, foi até a sala onde fica um cofre. O homem, conforme a PM, foi surpreendido por um bancário que estava fazendo a contagem de algumas cédulas.

 

Flagrado, ele deixou a agência rapidamente fingindo ter problemas mentais para não levantar suspeita dos vigias. O acusado durante a fuga deixou cair uma fronha, que possivelmente seria usada para guardar o dinheiro furtado.

 

A PM esteve no Santander, e após colher todas as informações necessárias registrou o boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia Civil do Município.

 

De acordo com a PM, a agência possui câmeras de segurança que registraram toda a ação e deve ser repassadas à Polícia Civil para a identificação do acusado.

 

Rádio Caçula



Escrito por Fonte às 06h45
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Guardas municipais presenciam agressão na baixada sem prestar socorro - RJ

Jornal R7-03/06/11: Imagens gravadas do lado de fora de um supermercado de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, denunciam guardas municipais que não tomaram nenhum tipo de providência ao presenciar uma briga entre seguranças do supermercado e um suposto ladrão que foi flagrado roubando uma caixa de leite dentro do estabelecimento.

 

As imagens mostram um rapaz espancando um homem na frente dos guardas municipais, que assistem à briga. O agressor seria um flanelinha que espancou o suspeito após este ter sido entregue pelos seguranças do supermercado.

 

Os guardas municipais ainda não foram identificados.

 

Assista ao vídeo:



Escrito por Fonte às 06h38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Homens vão matar vigilante e um deles acerta o próprio comparsa - PB

Jornal Paraíba-03/06/11: No final da noite dessa quinta-feira, 2, em Piancó, dois homens em uma moto tentaram matar o vigilante José Pereira da Silva, conhecido por Dé, de 36 anos, na própria residência da vítima.

 

O vigilante não estava em casa, mas sua esposa encontrava-se no local, porpém não foi ferida , conforme informações da 3ª Companhia.

 

Inusitadamente, um dos acusados, ao disparar contra a porta da casa, acertou o próprio comparsa: depois do disparo, Severino Gomes de Oliveira Neto, de 26 anos, conhecido como Netinho, socorreu o colega para o hospital de Piancó e, em seguida, fugiu.

 

O ferido é Francisco Ferreira Sobrinho, de 22 anos, que se encontra sob custódia policial no hospital regional de Patos, para onde foi transferido.

 

Os dois acusados são de Piancó e o caso será apurado pela delegacia local. A polícia quer saber o que motivou o crime e deverá pedir a prisão preventiva do elemento foragido.

 

Folha do vale



Escrito por Fonte às 06h30
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Aposentado é vítima de latrocínio em Dois Irmãos - PE

Jornal NE10-03/06/11: O vigilante aposentado Eurico Dias de Lima, de 68 anos, foi vítima de um latrocínio (assalto seguido de morte) , na comunidade de Sítio dos Pintos, no bairro de Dois Irmãos, zona Oeste do Recife. O crime aconteceu na Rua Luís Antônio de Araújo quando ele chegava em casa, e acabou sendo abordado por dois homens armados.

 

A vítima reagiu ao assalto e terminou sendo morto com um tiro na nuca. Os assaltantes levaram alguns pertences do ex-vigilante e fugiram em um carro modelo Palio de cor verde.

 

Na perícia do corpo ainda foi encontrada a quantina de R$ 1.130 e um anel de ouro. O dinheiro seria referente a aposentadoria que ele havia sacado momentos antes. Agora, a polícia investiga se os assaltantes são conhecidos na região.



Escrito por Fonte às 06h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Câmara Criminal mantém preso acusado de estuprar criança - RO

Jornal Rondoniagora-03/06/11: Por maioria de votos, os membros da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia decidiram manter preso um vigilante. Ele é acusado de estuprar uma criança de 8 anos. O acórdão (decisão do órgão colegiado) foi publicado no Diário da Justiça desta sexta-feira, 03/06.

 

O acusado encontra-se recolhido no presídio "Pandinha", em Porto Velho (RO). Seus advogados ingressaram na justiça com um habeas corpus requerendo sua liberdade provisória. Eles alegaram que não há prova da ocorrência do crime ou indícios de autoria, tratando a acusação de uma armação ardilosa montada pelo namorado da mãe da suposta vítima.

 

No julgamento ocorrido em 16 de maio de 2011, a liminar (decisão inicial) foi negada pelo relator do HC, desembargador Valter de Oliveira. Naquela ocasião, o magistrado verificou ser prematuro, na atual fase, o exame dos argumentos que remontam à análise das provas a fim de verificar a autoria e materialidade do crime imputado ao paciente.

 

Dez dias depois, durante o julgamento do mérito do HC, o relator Valter de Oliveira, disse em seu voto que as hipóteses não podem ser aferidas por meras suspeitas e que não se tem elementos para concluir que o acusado, se posto em liberdade, voltará a delinquir e votou pela revogação da prisão.

 

No entanto, a desembargadora Zelite Andrade Carneiro e o desembargador Daniel Ribeiro Lagos divergiram do voto do relator e votaram pela manutenção da custódia (prisão). Para a magistrada, pedofilia é um crime terrível, "penso que solto ele constitui um perigo para crianças". Ribeiro Lagos completou dizendo que este tipo de crime, quando praticado em relação de autoridade familiar ou de convivência, é mais grave e tem tendência a se perpetuar.



Escrito por Fonte às 05h50
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Empresas de segurança treinam vigilantes para o uso da porta giratória - RJ

Jornal R7-03/06/11: O uso de portas giratórias é um dos pontos principais para impedir que uma pessoa entre em uma agência bancária com um arma. Esse item de segurança sozinho não é capaz de evitar um assalto, por isso as empresas de segurança investem no treinamento.

 

A TV Record fez uma matéria acompanhando o treinamento de vigilantes para operar o equipamento. O instrutor Daniel Toledo, explicou que a porta é automática e trava sozinha.

 

Esse travamento é o que gera polêmica entre os frequentadores das agências bancárias, já que normalmente a porta impede a entrada de qualquer objeto metálico. O especialista em segurança Vinícius Cavalcante, orienta que as pessoas devem compreender que esse procedimento é importante para dar segurança a todos os usuários dos serviços bancário.

 

Assista ao vídeo:



Escrito por Fonte às 05h42
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Vigia de banco confessa à polícia que teve intenção de balear cliente no Rio - RJ

Jornal G1-03/06/11: O segurança de uma agência bancária em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, que atirou contra um cliente, confessou à polícia que tinha intenção de fazer o disparo na perna do homem. A informação é do delegado da 62ª DP (Imbariê), Hilton Pinho Alonso, que ouviu os depoimentos nesta quinta-feira (2) e também viu as imagens do circuito interno de segurança do banco.

 

O tiro acertou o pescoço do cliente, que está internado no o Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna. Para o delegado, a alegação do vigia não tem lógica. Ele afirma que não houve luta corporal entre os dois envolvidos. O episódio ocorreu às 12h15 de quarta-feira (1º).

 

“Ele disse que no momento de rapidez, a intenção era atirar para baixo, mas como foi muito rápido, acabou acertando o pescoço. É estranha a alegação porque a arma geralmente fica na cintura, então quando você tira a arma, ela já está em direção ao chão. Apontar para cima é muito mais trabalhoso do que para o alto. Essa afirmação está estranha”, disse ele ao G1, nesta sexta-feira (3).

 

O vigia foi preso em flagrante, por tentativa de homicídio. O baleado, de acordo com a Secretaria estadual de Saúde, passa bem nesta sexta. Ele continua estável, lúcido e orientado. Ainda não há previsão de alta.

 

Entenda o caso

Cliente trava porta giratória de agência

(Foto: Divulgação Polícia Civil)

Segundo a polícia, o cliente falava ao celular quando foi barrado pela porta giratória. Ele teria se recusado a entregar os objetos para que a porta fosse liberada.

 

Através das imagens, a polícia constatou que o cliente baleado, ao ser impedido de entrar no banco, travou a porta giratória durante seis minutos e não deixou os outros clientes entrarem na agência. “Ele tentou segurar a porta como uma forma de protesto, como pirraça, as pessoas saíram nervosas, bateram boca, acabou criando a agressão”, explicou o delegado.

 

Hilton Pinho disse que o homem chegou a brigar com os outros clientes, fora da agência, na calçada. Depois da briga, o cliente teria entrado na agência para tirar satisfação com o segurança, que teria reagido e atirado. Não houve luta corporal entre eles, pois o vigia teria atirado antes.

 

As imagens, de acordo com o delegado, mostram apenas até o momento em que o homem entra novamente na agência. Não há imagens do momento do disparo. “Pedimos novas filmagens. A gente não sabe se houve ponto de sombra ou erro na hora de enviar”, disse ele.

 

Mas o delegado afirmou que as novas imagens não mudarão os fatos, pois não houve nenhuma contradição nos depoimentos. O caso agora está na 60ª DP (Campos Elíseos).

 

Hilton Pinho alega que somente o fato de o segurança ter efetuado o disparo dentro de uma instituição pública, com clientes dentro, já é motivo de o caso ir para a polícia. “Não era um bando de gente em cima dele”, afirmou, ressaltando que o tiro não foi acidental.

 

Carolina Lauriano do G1 RJ



Escrito por Fonte às 04h51
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Ladrões rendem seguranças de posto e arrombam caixa-eletrônico na Capital - MS

Jornal Midiamax-03/06/11: Um caixa-eletrônico localizado em um posto de combustíveis na Avenida Ernesto Geisel, em Campo Grande, foi arrombado na madrugada desta sexta-feira (3).

 

Segundo informações do gerente do posto, Dorothy Segovia, três homens chegaram no posto e pediram água para um dos dois seguranças que estavam no local. Quando o segurança foi buscar a água, ele acabou rendido. Logo após isso, o outro vigilante também foi rendido pelos ladrões.

 

As vítimas foram amarradas em um corredor perto da sala da gerência enquanto que os ladrões utilizaram um maçarico para abrir a porta onde estava localizado o caixa-eletrônico do Banco do Brasil.

 

Os ladrões arrombaram o caixa-eletrônico, porém não conseguiram levá-lo embora. Ainda não se sabe quanto foi roubado. No local, foram encontradas várias notas queimadas.

 

Além dos três homens que participaram do arrombamento, ainda havia mais três comparsas nas proximidades do crime: um ficou distante do posto vigiando o local, enquanto outros dois ficaram dentro de um carro para dar cobertura para os outros na fuga.

 

A polícia já foi até o posto. Neste momento, estão no local funcionários do Banco do Brasil e de uma empresa de segurança privada.

 

Paulo Xavier e Vinícius Squinelo



Escrito por Fonte às 04h22
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



PC prende acusado de participar da morte de vigilante em Santana - AL

Jornal Alagoas 24horas-03/06/11: A Polícia Civil confirmou, na tarde desta quinta-feira (2), que já está em fase de conclusão o inquérito que apura a morte do vigilante Pedro Marinho de Lira, mais conhecido como “Cuca’’. O crime ocorreu no dia 16 de maio, quando a vítima prestava serviços por volta das 18h, no prédio do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), na Avenida Pancrácio Rocha (BR-316), em Santana do Ipanema.

 

O delegado regional Rodrigo Cavalcante 

pediu a prisão dos quatro 

acusados no crime

O caso está sendo investigado pelo delegado regional do município, Rodrigo Cavalcante que pediu as prisões temporárias de Welbson Luiz Correia Lima (conhecido como “Coca”), Bruno Richard da Silva Rodrigues e os irmãos Leandro e Manoel Lopes, acusados de envolvimento no crime.

 

O crime foi caracterizado como latrocínio e as investigações apontam a participação direta de “Coca” e Bruno, na execução do vigilante com tiros de pistola. Eles teriam roubado da vítima um revolver calibre 38 e fugido de moto.

 

A Polícia Civil apurou que, um dos dois acusados, se aproximou do vigilante para abordá-lo enquanto o outro disparou três vezes contra ele. A vítima ainda foi levada pelo SAMU, ao Hospital Dr. Clodolfo Rodrigues de Melo (HCRM), mas não resistiu aos ferimentos e faleceu antes de receber os primeiros socorros.

 

Os mandados de prisão temporária foram expedidos pelo juiz Alexandre de Oliveira Machado, da Comarca de Santana do Ipanema.

 

A Polícia Civil cumpriu os mandados com auxílio da Polícia Militar, prendendo Leandro Lopes. Ele e seu irmão Manoel são acusados de participação por fornecer armas para executar o vigilante, segundo as investigações.

 

Os outros três acusados são considerados foragidos da Justiça e estão sendo procurados pelas polícias. O delegado acredita que nos próximos dias deverá concluir o inquérito. A população também pode contribuir através do disque denúncia da PC: 0800-284-9390 ou 181.

 

Fonte: Ascom PCAL



Escrito por Fonte às 09h32
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Vigilante tem arma roubada e leva tiro - PA

Jornal Diário do Pará-03/06/11: A mata, o rio e as vias de estradas ao redor do campus da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) foram pontos de perseguição policial, na tarde de ontem (2), após três homens abordarem um vigilante da universidade. Eles deram um tiro e ainda roubaram a arma da vítima. O tiro foi de raspão. O vigilante passou por curativo e foi liberado do Pronto-Socorro da 14 de Março, ontem mesmo.

 

O vigilante, identificado como Carlos Henrique, estava em uma área deserta, próxima da mata, quando três homens surgiram do matagal e fizeram a abordagem, já atirando. O vigilante também respondeu à altura, mas foi atingido na perna e deixou a arma cair. Com isso, os criminosos roubaram o revólver calibre 38 e retornaram para o matagal e fugiram.

 

Logo, Carlos Henrique foi socorrido por funcionários da universidade e levado para o Pronto-Socorro da 14 de Março, onde passou por curativo e foi liberado. Em seguida, ele acompanhou a polícia durante a perseguição pela universidade para tentar reconhecer os criminosos.

 

Insegurança

O vice-reitor da universidade, Paulo Santos, que está respondendo pela reitoria, explicou que a universidade está sendo alvo de constantes assaltos nos últimos meses. Para ele, isso se deve em virtude da dimensão da área e dos limites periféricos em que a universidade fica localizada. “Nós estamos em um local vulnerável, tem acesso livre pela estrada da Ceasa, pelo rio e pela Perimetral, ou seja, fica difícil de controlar e acaba ocorrendo esse tipo de situação”, justificou o vice-reitor.

 

Ele explicou que a universidade conta com seguranças que são funcionários públicos, mas devido ao alto índice de assaltos foi feito o reforço com a contratação de vigilantes terceirizados, mas em virtude desse acontecimento ele informou que o reforço vai ser maior. “Agora nós vamos ter que chamar mais homens para trabalhar, não podemos deixar que essas pessoas queiram nos intimidar”, assegurou.

 

Busca

Policiais militares, na tarde de ontem, efetuaram buscas na tentativa de encontrar os criminosos. O cerco foi montado pela mata, pelo rio e pela estrada do interior da universidade, mas até o final da tarde ninguém havia sido encontrado.



Escrito por Fonte às 09h18
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Barreiras: Assassino de vigilantes é preso 12 anos depois em Belo Horizonte - MG

Jornal Nova Fronteira-02/06/11: Vander Carlos Cardoso Gomes, 30 anos, assassino de dois vigilantes do Shopping Center Rio de Ondas, em Barreiras, crime ocorrido em 1999, foi preso pela Polícia Civil de Barreiras na cidade de Belo Horizonte/MG.

 

Vander Carlos C. Gomes, 30 anos

Segundo André Aragão, delegado regional de Barreiras, Vander trabalhava no telemarketing de uma empresa renomada daquela cidade e foi preso em seu local de trabalho. “A demora para a elucidação do caso se deu por que apenas recentemente tomei conhecimento das investigações do crime. Me interei do caso e descobri que o latrocida tinha um mandato de prisão antigo, baseado nisso solicitei ao juiz a renovação do mandado e há seis meses começamos a investigar o paradeiro dele”, disse Aragão, informando que para obter sucesso na diligência até BH, solicitou apoio da Superintendência de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública. “Em BH contamos com o apoio do Grupo de Combate Organizado de Belo Horizonte, conseguimos identificar o prédio onde funcionava a empresa e no momento em ele chegava para trabalhar recebeu voz de prisão.

 

Após confessar a participação no crime, foi recolhido ao presídio de BH e posteriormente conduzido para Barreiras onde se encontra preso à disposição da justiça, na qual responderá processo criminal por latrocínio (roubo seguido de morte), podendo pegar pena de 20 anos de reclusão”, comentou o delegado regional.

 

Entenda o caso: Vander Cardoso Gomes é filho de um Policial Militar aposentado que era proprietário de uma empresa de segurança contratada pelo shopping. Aproveitando-se disso, ele mais dois comparsas resolveram praticar um assalto nas lojas do shopping, principalmente numa joalheria que funciona naquele estabelecimento.

 

No momento em que se preparavam para assaltar a joalheria foram surpreendidos por dois vigilantes que reagiram e acabaram mortos pelo trio. Do grupo de assaltantes, apenas Vander não havia sido detido. Os outros dois foram presos na época, sendo que um deles era menor e foi colocado em liberdade. O outro alegou insanidade mental e também foi liberado.

 

Segundo a investigação policial feita na época do crime, teria sido Vander o autor intelectual da ação, já que ele tinha informações privilegiadas dos horários em que os vigilantes não estariam no shopping. Infelizmente lpara eles o plano deu errado porque quando eles estavam se preparando para arrombar a joalheria acabaram sendo flagrados pelos vigilantes, inclusive os dois foram encontrados mortos dentro do banheiro com sinais de que na troca de tiros tentaram fugir e foram covardemente assassinados.



Escrito por Fonte às 09h04
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Polícia investiga quadrilha que usa uniformes de vigilantes para arrombar caixas eletrônicos - RO

Jornal Rondônia Dinâmica-02/06/11: Operação Cerco Integrado desencadeada pela Polícia Civil, investiga a quadrilha que roubou cerca de R$ 500 mil em dois assaltos a caixas eletrônicos em menos de um mês, em Porto Velho. Em coletiva, o delegado da Patrimônios, Paulo Kakionis, disse que um dos integrantes da quadrilha foi preso e 11 já foram identificados, destes, alguns são presidiários que cumprem pena no regime semi-aberto.

 

A polícia também já apreendeu três motocicletas, um veículo celta vermelho, roupas, rádios de comunicação (HT), armas de fogo e dois cilindros, que possivelmente foram utilizados em maçaricos para arrombar os caixas eletrônicos.

 

O primeiro assalto aconteceu no dia 8 de maio, no Ipam e o segundo, na ultima terça-feira (31), na Secretaria Municipal de Educação (Semed). Em ambos, os assaltantes renderam e usaram os uniformes dos vigilantes. De acordo com as investigações, um dos assaltantes é especialista em utilizar maçaricos.

 

Autor: Imagem News



Escrito por Fonte às 08h55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Seed: 9 mil servidores podem decretar greve - SE

Jornal Infonet-02/06/11: Reunidos em assembléia na manhã desta quinta-feira, 2, os servidores da Secretaria de Estado da Educação (Seed) podem paralisar as atividades. Merendeiras, vigilantes, oficiais administrativos, motoristas e agentes administrativos reclamam do que eles chamam de descaso do governo com a falta de estrutura de trabalho e os baixos salários.

 

De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nos Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Sintrase) os servidores enfrentam péssimas condições de trabalho nas escolas e perseguição por parte de alguns diretores de escolas, além de acúmulo de função.

 

“As condições de trabalho são horríveis, os equipamentos são defasados e falta de pessoa. Tem muito relato de diretores medíocres e vive querendo forçar vigilantes a carregar lixo para a rua e de serviços gerais que fazem serviço de merendeira. Quando o diretor não é gente boa existe a represaria”, afirma o presidente do Sintrase.

 

Para Valdir Rodrigues a situação é insustentável e os trabalhadores podem decretar greve logo após o retorno dos professores. “O servidor está insatisfeito e quer greve quando os professores voltarem. Eles estão revoltados e com as condições horríveis de trabalho e com o salário. Queremos uma proposta de plano de carreira”, observa o sindicalista lamentando que enviou em agosto do ano passado o projeto de plano de carreira para a Seed e que não obteve resposta.

 

“Queremos mostrar que o secretário de educação, o senhor Belivaldo Chagas, não tem respeito pelos nove mil servidores. Respeito é uma coisa mútua e Belivaldo não tem demonstrado o mínimo”, critica Valdir dizendo que o salário não motiva o servidor.

 

“O executor de serviços básicos recebe R$545; a merendeira, motorista e vigilante tem um salário de R$546; agente administrativo R$547; oficial administrativo R$549 e o nível superior como contador, administrador e jornalista que entrou há 25 anos recebe R$748 de salário base. Isso é uma vergonha”, acredita.

 

Negociação

O presidente do Sintrase lamentou ainda que todas as categorias tenham que negociar com Chico Buchinho. “Meu amigo Chico Buchinho agora virou um super secretário. Chico Buchinho é um cara legal, mas não têm a mínima condição de saber de todos os problemas de todas as classes, então ele será o maior especialista do mundo. Nós podemos negociar com Chico Buchinho, mas o secretário Belivaldo tem que esta na mesa porque ele conhece os problemas e é o secretário da educação”, salienta.

 

O secretário Belivaldo Chagas confirmou por meio da Assessoria de Comunicação Social que recebeu uma proposta do Sintrase, mas como se tratava de um Plano de Cargos e Carreira para os funcionários, este documento também foi entregue à Secretaria da Administração. O Governo vem sinalizando que no momento próprio vai promover um Plano de Cargos e Carreira para os servidores como um todo e não apenas para os funcionários da SEED. Um Plano de Cargos e Carreiras dos servidores envolve toda uma política de governo.

 

Com relação ao servidor de serviços gerais estar trabalhando como merendeira, o secretário

esclarece que não é orientação da SEED, porém, reconhece que em algumas unidades de ensino o fato pode estar acontecendo pelo fato de em algumas escolar ainda estar faltando merendeira. Entretanto, é conveniente ressaltar, que esta troca de função é combinada com o servidor e a equipe diretiva da escola. "Nenhum servidor é obrigada a exercer uma função que não seja a sua, salvo se ele aceitar e mesmo temporariamente".

 

Por Kátia Susanna

 

* A matéria foi alterada às 15:44 para acrescentar a posição do secretário de Estado da Educação, Belivaldo Chagas



Escrito por Fonte às 08h47
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Polícia pede imagens de câmeras de banco onde cliente foi baleado por um segurança - RJ

Jornal Extra-02/06/11: A polícia vai pedir as imagens do circuito interno de segurança do Banco Itaú da Avenida Washington Luiz, em Jardim Primavera, Duque de Caxias, onde nesta quarta-feira Felipe de Almeida Terra, de 24 anos, foi atingido por um tiro no pescoço, disparado por um vigilante da agência. O objetivo é analisar as imagens do momento em que o homem foi baleado, após discutir com o segurança e outros clientes.

 

Enquanto isso, Felipe passa bem nesta quinta-feira. De acordo com a Secretaria estadual de Saúde, ele está internado no Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, mas não sofreu lesão alguma na região cervical nem vascular. O rapaz está estável, lúcido e orientado. Ainda não há previsão de alta.

 

Segundo a polícia, o cliente falava ao celular quando foi barrado pela porta giratória. Ele teria se recusado a entregar os objetos para que a porta fosse liberada.

 

— Ele travou a porta durante uns seis minutos exatamente, porque eu assisti a filmagem. Quando houve a ação, esses clientes saíram da agência, entraram em luta corporal com o Felipe (o cliente) por algum tempo, o que acabou deixando ele muito nervoso — explicou o delegado Hilton Alonso.

 

Depois da briga, o cliente teria entrado na agência exaltado para tirar satisfação com o segurança, que teria reagido e atirado. A vítima, após ser baleada no pescoço, foi levada para o hospital. O segurança foi preso em flagrante por tentativa de homicídio.

 

— Não era necessário a utilização de arma de fogo, ainda mais por ser um local público, com muitas pessoas dentro da agência. E além do que havia outros vigilantes. Então, era apenas uma pessoa a ser contida — disse o delegado.

 

Em nota, o Itaú disse que, após o travamento da porta-giratória, o cliente teria causado um tumulto na agência, tentando impedir a entrada e a saída de outros usuários. Em seguida, do lado de fora, de acordo com o banco, Felipe teria chegado a se envolver numa confusão com outros clientes, que não concordariam com sua postura agressiva. Após a liberação da porta, segundo o Itaú, ele teria entrado na agência e, em vez de se dirigir ao atendimento, foi em direção ao vigilante, travando luta corporal e tentando desarmá-lo. Na disputa, o cliente teria sido atingindo.

 

A polícia foi acionada, e o banco informou estar prestando todas as informações necessárias para o esclarecimento dos fatos. O caso está sendo investigado pela 60ª DP (Campos Elíseos).

 

G1; O Globo; Marcos Nunes - Extra



Escrito por Fonte às 08h38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Caixa Econômica de Ipojuca é assaltada e teve prejuízo de R$ 170 mil reais - PE

Jornal Diario de Pernambuco-02/06/11: Cinco homens armados invadiram a agência da Caixa Econômica Federal do centro de Ipojuca, Região Metropolitana do Recife, e assaltaram todo o dinheiro dos caixas que estavam funcionando. Os assaltantes renderam um vigilantes, alguns funcionários e clientes do banco por volta das 18h desta quinta-feira (2).

 

De acordo com a Polícia Militar, os criminosos teriam levado R$ 170 mil dos caixas, mas a Polícia Federal, que vai instaurar inquérito para apurar o caso, não confirmou a quantia roubada. Durante a fuga, o quinteto usou um carro prateado ainda não identificado. A quadrilha está foragida.

 

Por Anamaria Nascimento, do Diario de Pernambuco



Escrito por Fonte às 08h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Segurança Pública: PM vai patrulhar área externa do Serra Dourada no sábado - GO

Jornal Tôsabendo-02/06/11: A Polícia Militar vai cuidar da segurança na área externa do Estádio Serra Dourada no próximo sábado, dia 4, antes, durante e após o amistoso entre Brasil e Holanda. O esquema especial de policiamento começa ao meio-dia e deve terminar apenas às 19 horas, após o encerramento da partida. A segurança interna será feita por 600 seguranças particulares contratados pela Confederação Brasileira de Futebol – CBF – seguindo as normas da Fifa.

 

O assessor de comunicação e imprensa da PM, coronel Divino Alves, explicou que o planejamento dividiu as áreas de policiamento em “malhas”, sendo que a primeira corresponde a toda a parte externa do estádio, num raio de cinco quilômetros.

 

Setenta policiais militares, alguns com cães farejadores, farão o patrulhamento a pé, junto às plataformas de acesso e bilheterias. Vinte e quatro cavaleiros do regimento montado também estarão no local. Uma tropa do Batalhão de Choque, composta por 32 homens, estará de prontidão mas só entrará em ação caso seja necessário.

 

A segunda “malha”, segundo a PM, envolve os terminais de ônibus, bairros vizinhos e regiões com histórico de conflito após os jogos. Os policiais e viaturas das áreas vão redobrar a atenção para coibir excessos. “A nossa expectativa, porém, é de total tranquilidade, pois todos devem torcer pelo mesmo time”, adianta o assessor da PM.

 

O comandante do Policiamento da Capital, coronel Jorge Renato Azeredo, sugere aos torcedores que evitem o transporte individual, ou seja, que cada motorista leve consigo, pelo menos, outras três pessoas no carro. “Isso é importante para evitar congestionamentos e dar mais fluidez ao trânsito”, justifica.

Mais informações: (62) 3201-1838

 

Fonte do rss



Escrito por Fonte às 08h23
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Dupla tenta furtar etanol de usina em Penápolis - SP

Jornal Folha da Região-02/06/11: Eduardo Ventura Santana, 25 anos, e Thiago Bachiega Lucate, 23, foram presos na noite de quarta-feira, em Penápolis, acusados de tentar furtar etanol de uma usina de açúcar e álcool. Eles foram vistos por vigias em uma picape trafegando no meio do canavial depois das 23h.

 

Ao serem abordados, eles alegaram que estavam caçando tatu e por isso foram liberados. Em patrulhamento nas proximidades, os vigias da empresa encontraram dois galões de 40 litros cheios abandonados. Eles permaneceram no local, perceberam quando o veículo retornava e se esconderam.

 

Funis

Quando o condutor da picape desceu para pegar os galões e colocar na picape, ele foi surpreendido. Santana confessou que pretendia pegar os galões que tinham sido deixados no local por outra pessoa. Com a dupla foram apreendidos ainda dois funis feitos com garrafas pet e dois pedaços de mangueira.

 

Os acusados foram encaminhados ao plantão policial e presos em flagrante. Eles aguardam decisão da Justiça na cadeia da cidade.

 

Lázaro JR.



Escrito por Fonte às 08h15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Caso Mércia Nakashima - SP

Jornal iG-02/06/11: A advogada Mércia Mikie Nakashima desapareceu em maio de 2010 em Guarulhos, na Grande São Paulo. Seu corpo foi encontrado 19 dias depois em uma represa de Nazaré Paulista. Segundo o laudo do IML (Instituto Médico Local) Mércia morreu afogada, mas antes foi ferida por tiro no braço esquerdo, na mão direita e no maxilar. Também foi atingida no rosto por outro objeto não identificado.

 

O ex-namorado de Mércia Mizael Bispo de Souza, advogado e policial militar reformado, e o vigia Evandro Bezerra da Silva são os principais suspeitos do crime. Os dois dizem ser inocentes e estão foragidos. Ainda não houve julgamento. De acordo com a família da vítima, Mizael não se conformava com o fim do relacionamento, insistia para que eles reatassem e a perseguia.

 

Mércia Nakashima
Foto: Arquivo pessoal

No dia 23 de maio de 2010, Mércia foi à casa da avó, em Guarulhos. Após sair do local, por volta das 18h30, ela desapareceu. De acordo com Janete, sua mãe, que a acompanhou até o carro, “ela estava feliz”.

 

Com base nas investigações e depoimentos, a polícia acredita que Mércia saiu da casa da avó e encontrou-se com Mizael em um local próximo. Ele entrou no carro dela, modelo Honda Fit, e os dois seguiram até a represa de Nazaré Paulista.

 

No local, Mizael agrediu e deu um tiro no queixo da advogada, que desmaiou, segundo a polícia. Ele então saiu do carro e o empurrou para dentro da água com Mércia, ainda viva, no interior do veículo. Pouco depois, Evandro buscou Mizael na represa, conforme haviam combinado, e Mércia morreu afogada.

 

Após dois dias sem notícias de Mércia, a família informou a polícia sobre o desaparecimento e espalhou panfletos com a foto da advogada em Guarulhos.

 

Sem ser chamado, Mizael prestou depoimento. Quatro dias depois, foi convocado para depor, desta vez como suspeito de envolvimento no desaparecimento. O ex-namorado disse ter visitado o filho, que tinha com uma ex-mulher, e que esteve com uma garota de programa na noite em que a advogada desapareceu.

 

Segundo o delegado Antonio Olim, que conduziu as investigações, Mizael apresentou diferentes versões nos diversos depoimentos que deu. O delegado afirmou que o ex-policial “premeditou tudo” e que “ele mente o tempo todo”. Ao pedirem a identificação da garota de programa, por exemplo, ele passou a dizer que, na verdade, havia estado com uma mulher casada e queria preservar sua identidade.

 

Pelo rastreador do automóvel de Mizael, a polícia constatou que, das 18h40 às 22h38 do dia 23 de maio, o carro de Mizael ficou em frente ao estacionamento do Hospital Geral de Guarulhos, em uma rua a menos de cinco minutos da casa da avó de Mércia. Nesse dia, o ex-policial confirma que tentou ligar para a advogada, mas diz que não conseguiu falar com ela.

 

No dia 10 de junho, após denúncia, o corpo de bombeiros encontrou o carro de Mércia a seis metros de profundidade na represa de Nazaré Paulista (64 km de São Paulo). Dentro do veículo, estavam todos os pertences da advogada, como o celular e a bolsa. A janela do motorista estava aberta. No dia seguinte, um pescador encontrou o cadáver da advogada boiando na represa. A família de Mércia reconheceu o corpo pelas roupas que ela usava da última vez em que foi vista. No sapato de Mizael, foram encontrados resquícios de alga semelhantes às que existem na represa.

 

Ao longo das investigações, testemunhas importantes apareceram. Um comerciante que pescava na represa na noite de 23 de maio disse ter visto o carro sendo empurrado para a água. Segundo o irmão da advogada, Márcio Nakashima, uma testemunha ouviu “dois gritos apavorantes” antes de o carro afundar.

 

Um flanelinha afirmou ter visto Mizael em frente ao hospital, onde ele estacionou seu carro e entrou em um Honda Fit. Segundo a testemunha, na mesma noite, cerca de três horas depois, ele voltou ao local para buscar o carro.

 

Evidências e testemunhas também apontaram a participação do vigia no crime. Um funcionário do posto de Nazaré Paulista onde Evandro trabalhava afirmou que Mizael ia frequentemente ao posto para falar com o vigia. Os dois ficavam de uma a duas horas dentro do carro do ex-policial. “Antes ele (Mizael) ia quase todo dia. Depois do assassinato, parou de ir”, afirmou, em depoimento, acrescentando que Evandro parou de trabalhar “lá pelo dia 30” do mesmo mês.

 

No dia em que Mércia sumiu, Mizael ligou 16 vezes para o vigia com um telefone celular que não estava em seu nome. No mês, foram 41 ligações. Mizael dizia que conhecia Evandro, mas que não era próximo. Um mês após o corpo ter sido encontrado, o vigia foi preso no interior de Sergipe. Evandro teve a prisão preventiva decretada no dia 25 de junho e era considerado foragido. Inicialmente, o vigia admitiu à polícia ter ido buscar Mizael na represa de Nazaré Paulista no dia 23 de maio. Mas depois negou a versão e disse que foi torturado.

 

Em seguida, a Justiça decretou a prisão preventiva de Mizael, que não foi encontrado e passou a ser considerado como foragido. No dia 12 de julho, o delegado responsável pelo caso disse em entrevista que Mizael premeditou a morte de Mércia.

 

No dia 14 de julho, a Justiça revogou a prisão temporária do ex-policial. Poucas horas depois, ele foi indiciado por homicídio doloso triplamente qualificado e ocultação de cadáver. No dia 30 de julho, a polícia entregou o inquérito do caso e pediu novamente a prisão preventiva de Mizael e do vigia.

 

O Ministério Público (MP) ofereceu denúncia contra o ex-policial por homicídio triplamente qualificado - motivo torpe, meio cruel e recurso que impossibilitou a defesa da vítima. Para o MP, Mizael matou Mércia por ciúme e por não se conformar com o término do relacionamento. O vigia foi denunciado por homicídio duplamente qualificado - motivo cruel e recurso que impossibilitou defesa.

 

"O homicídio foi causado por motivo torpe e repugnante, pelo fato da vítima ter terminado um relacionamento amoroso com o acusado. O meio cruel foi porque foram feitos disparos em partes não letais do corpo de Mércia, o que causou dor e aflição. Já o recurso que dificultou a defesa da vítima foi pela dissimulação que o acusado usou para atrair a vítima para uma encontro quando sua intenção era matá-la", afirmou o promotor Rodrigo Merli Antunes, do MP, a época da denúncia, em agosto.

 

Em outubro, foram realizadas audiências de instrução do caso, com os suspeitos em liberdade. Na ocasião, Cláudia, irmã da advogada, disse que Mércia tinha “muito medo” de Mizael por causa do “ciúmes excessivo”. “Ele não a deixava falar com ninguém. Nem comigo". Mizael e Mércia namoraram por quatro anos e tinham um escritório de advocacia em sociedade.

 

Em dezembro de 2010, Mizael e Evandro tiveram a prisão preventiva decretada novamente após familiares de Mércia e o delegado do caso terem sofrido ameaças. Na mesma decisão, o juiz determinou que os dois vão a júri popular, em data ainda a ser definida. Os dois estão foragidos desde então.

 

Em fevereiro e em abril de 2011, Mizael e Evandro tiveram o pedido de habeas corpus negado. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) também rejeitou o pedido de liminar de Mizael para transferir o julgamento de Guarulhos para Nazaré Paulista, onde ele atuou como policial.

 

Fernando Serpone



Escrito por Fonte às 08h05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Polícia prende envolvido em morte de seguranças em shopping de Barreiras - BA

Jornal Correio 24horas-02/06/11: Acusado de envolvimento em um duplo latrocínio ocorrido há 12 anos em um shopping center de Barreiras, no oeste da Bahia, Vander Carlos Cardoso Gomes, o “Máscara”, foi preso na última terça-feira (31), em Belo Horizonte.

 

Com um mandado de prisão preventiva em aberto, Vander foi surpreendido pelos policiais baianos quando saía do trabalho. Recambiado para Barreiras anteontem, ele segue custodiado no Complexo Policial do município à disposição da Justiça.

 

O acusado morava em um imóvel alugado na cidade de Sete Lagoas, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Filho do dono de uma empresa de segurança que prestava serviço ao Shopping Center Rio das Ondas em 1999, “Máscara” e dois comparsas, um deles adolescente, pretendiam roubar uma joalheira instalada no centro comercial, mas os vigilantes do estabelecimento, de prenomes Gutemberg e João Alfredo, o reconheceram.

 

Ao reagirem ao assalto, os dois vigilantes foram mortos a tiros. Segundo a polícia, Vander, apontado como o autor dos disparos, havia planejado o roubo. Após o crime ele fugiu para Brasília, estabelecendo-se posteriormente na capital mineira, onde trabalhava como vigilante em uma rede de telemarketing.



Escrito por Fonte às 07h49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Nacional contratará 40 seguranças para jogo da final em Itacoatiara - AM

Jornal D24am-02/06/11: Dois Leões em campo e outros 40 ‘leões de chácara’ fora. Esse é o número de seguranças que o Nacional vai levar a Itacoatiara (a 176 quilômetros a leste de Manaus), neste sábado (4), na decisão do Campeonato Amazonense contra o Penarol. O presidente do Leão da Vila, Luís Mitoso, disse que o reforço é para manter a integridade física dos jogadores.

 

O dirigente atribui à comissão técnica do Leão Azul da Velha Serpa ameaças de agressão durante a partida. “Pedi também um reforço da Polícia Militar. Até eu, como presidente do clube, não penso em ir para o jogo por temer pela minha vida”, declarou Mitoso. “Se ganharmos o título lá (em Itacoatiara), espero que não haja morte”, deduziu o dirigente.

 

O diretor-técnico da Federação Amazonense de Futebol (FAF), Ivan Guimarães, não acredita em guerra tribal na floresta amazônica e muito menos em problemas com a segurança para a partida. “Todas as providências foram tomadas. Já pedimos um contingente maior da Tropa de Choque (da Polícia Militar), que sairá daqui de Manaus, fora a polícia de lá do município. Na decisão do returno foram 40 policiais, sábado passado, em Itacoatiara. Tudo isso que estão falando é só para ‘fazer fumaça’”, comentou Guimarães, que não acredita em fogo na mata.

 

O técnico do Nacional, Adinamar Abib, não descarta o clima de batalha campal e terá força máxima na equipe. O volante Igor Gaúcho, vindo de suspensão, é a única dúvida entre os titulares. “Como os dois times precisam vencer para garantir logo o título, acredito num jogo mais aberto por parte do Penarol e aí vamos aproveitar as brechas para marcar”, disse Abib, que define hoje a escalação.

 

Após retranca, Penarol deve reforçar ataque

Acostumado a escalar o time do Penarol com esquema tático ofensivo, o técnico Uidemar Oliveira justificou o recuo da equipe no primeiro jogo da decisão do Estadual como forma de segurar mais o adversário. “O Nacional jogou em casa e tinha que atacar. Nós ficamos nos contra-ataques, mas foi um jogo de poucas oportunidades”, avaliou.

 

Para a partida decisiva, neste sábado (4), o treinador terá a volta do atacante Marinho, que cumpriu suspensão no primeiro jogo. O volante Siboy e o atacante Edílson, que estão retornando de lesão, também podem ser novidades. Rondinele, que fraturou o ante-braço, está descartado.

 

Diego Rocha e Bruno Tadeu



Escrito por Fonte às 07h43
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Dupla é detida após arrombar e furtar loja de informática - SC

Jornal A Tribuna Net-02/06/11: Uma loja de informática, que fica na Avenida Getulio Vargas, Centro, de Sombrio foi arrombado na madrugada desta quinta-feira. O fato aconteceu por volta das 2h da manhã, os ladrões cortaram o cadeado e arrombaram a porta de vidro, de dentro da loja foram levados cinco notebooks.

 

A ação dos bandidos foi vista pelos vigias, que passaram as informações para a Polícia Militar, que foi atrás da dupla. Eles estavam em um Fiat Strada prata, placas IRQ-0291, de Caxias do Sul, com registro de furto desde o dia 27 de abril de 2011.

 

A guarnição montou um cerco para capturar os rapazes, que foram pegos a caminho de Passo de Torres. Foram presos em flagrante J.S., de 34 anos e M.F.C.G., de 28 anos. Os objetos foram recuperados, e dentro do veículo foi encontrado as ferramentas usadas para fazer o arrombamento.

 

Eles foram encaminhados a delegacia de Sombrio.



Escrito por Fonte às 09h16
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Policiais são suspeitos de manter refém em delegacia em SP

Jornal Notícias Terra-02/06/11: Um investigador da Polícia Civil, um cabo da PM e dois seguranças informantes da polícia são suspeitos de sequestrar um ex-presidiário e mantê-lo duas horas em cativeiro no 9º DP de Osasco, na região metropolitana de São Paulo, na noite de terça-feira. Os acusados exigiram R$ 100 mil para soltar Pedro Henrique Brito dos Santos, caso contrário, iriam forjar um flagrante de tráfico de drogas. Os quatro sequestradores acabaram presos. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

 

Em liberdade desde 2005, Santos teria sido extorquido por ser cunhado de Josiel Lopes Cordeiro, o Tiganá, acusado de envolvimento no furto de R$ 164,7 milhões do Banco Central de Fortaleza (CE), em 2005. Tiganá foi absolvido e acabou assassinado por PMs de Osasco à paisana, em 2008.

 

Segundo a Corregedoria da Polícia Civil e da PM, os policiais abordaram Santos às 18h30 em uma viatura. O investigador Joaldenir Patrício Diniz, o cabo Luids Ranes Santos do Nascimento e os seguranças Rogério Ribeiro Machado e Fernando Moreira de Oliveira o levaram até a delegacia, que fecha à noite e estava vazia no momento do crime. Acuado, Santos telefonou para a família, disse que estava preso e precisava de R$ 100 mil para o resgate.

 

A família do ex-presidiário avisou a Corregedoria, que orientou uma cunhada de Santos a levar o dinheiro até o 9º DP, onde os quatro acusados foram presos em flagrante por extorsão mediante sequestro.



Escrito por Fonte às 09h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Criminosos explodem agência bancária em Nova Roma do Sul - RS

Jornal R7-02/06/11: Quatro homens fortemente armados explodiram a agência do Banco do Brasil de Nova Roma do Sul, na Serra gaúcha, na madrugada desta quinta-feira (2). Por volta das 2h30, os criminosos chegaram ao local em um Vectra prata armados com fuzis e pistolas, rendendo os seguranças. Eles dispararam contra as câmeras de vigilância na rua.

 

Um policial militar, que estava em um posto da corporação, ouviu os disparos e foi verificar o que acontecia. Ao sair do posto, foi recebido a tiros, o que obrigou-o a retornar. Após o tiroteio, foram ouvidos dois estrondos na agência.

 

Um caixa eletrônico e o cofre da agência foram explodidos com dinamite, mas nada foi roubado. A Brigada Militar realiza buscas na região. Os ladrões fugiram em direção a Farroupilha pela ERS-448. Foi a segunda vez neste ano que a agência do Banco do Brasil em Nova Roma do Sul sofreu este tipo de ataque.

 

Do Correio do Povo



Escrito por Fonte às 08h58
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Falta de vigias noturnos nas escolas estaduais será resolvida, diz Subsecretário - GO

Jornal Oeste Goiano-02/06/11: O Professor Jerônimo Martins de Brito Neto, Subsecretário de Regional de Educação, afirmou à esta reportagem que o fato de algumas escolas de Iporá não possuírem guardas noturnos se deve a uma ordem vinda da Secretaria Estadual de Educação que previa uma redução no quadro de pessoal.

 

Isto foi relatado em reportagem anterior neste site, quando 43 servidores em contrato temporário - que não estavam em folha de pagamento – foram dispensados. Esclarece o Subsecretário que, ao estabelecer ordem para a dispensa às escolas, não definiu quem deveria ser demitido, ficando então, sob responsabilidade da direção das escolas, decidirem quem seriam os dispensados. Não dispensaram professores, pois priorizaram as aulas.

 

Alguns gestores escolares optaram por demitir dinamizadores dos laboratórios de informática ou de biologia. Outras escolas optaram em demitir os vigias noturnos. De maneira que todas as escolas das cidades que compõem a regional possuem vigias, exceto Iporá, que possui três escolas com apenas um vigia noturno, diz o Subsecretário. Como a carga horária destes é de apenas 6 horas semanais, no regime onde se trabalha 12 h e folga 12 h, fica evidenciado e demonstrado que estas escolas ficam noites intercaladas sem a vigilância noturna.

 

O trabalho do vigia noturno se justifica, uma vez que nestas escolas existem laboratórios de informática e de biologia, equipamentos de som, material de esporte, etc... Professor Jerônimo Martins de Brito Neto afirmou que até julho – no caso das escolas que não possuem vigias noturnos – estarão contratando pessoal para suprir as deficiências. Enfim, até julho próximo a questão de ausência de vigilância noturna nas escolas estaduais de Iporá estará resolvida. (João Batista da Silva Oliveira)



Escrito por Fonte às 06h43
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Depósito é assaltado e vigia trancado em baú de caminhão - SC

Jornal A Tribuna Net-01/06/11: Um depósito de uma loja de departamentos de móveis e eletrônicos localizado no Bairro São Luiz, em Criciúma, foi alvo de assalto nesta noite. Três homens, um deles armado, renderam o vigia e o trancaram no baú de um caminhão.

 

No momento dois funcionários estavam no local, mas conseguiram se esconder. O trio fugiu levando o Gol placas MIB-8227 de Criciúma. A polícia acredita que foram roubados bastantes produtos, já que o tampão traseiro do carro foi retirado para colocar os objetos.



Escrito por Fonte às 05h20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Cinco homens invadem prefeitura em AL e arrombam caixa eletrônico

Jornal R7-01/06/11: Cinco homens armados invadiram a prefeitura de Coqueiro Seco (AL) na madrugada desta quarta-feira (01) e explodiram um caixa eletrônico. Os criminosos, que estavam encapuzados e usando coletes à prova de balas, pularam o muro da prefeitura e renderam no estacionamento o vigilante, que estava desarmado. Depois de amarrar a vitima, eles arrombaram os cadeados e invadiram o prédio.

 

Os ladrões usaram dinamites para explodir o caixa eletrônico, que tinha sido abastecido na tarde de terça-feira (31). A carga de explosivos danificou boa parte do prédio, atingido paredes, teto e grades.

 

A falta de segurança em Coqueiro Seco ajuda a explicar a ação dos bandidos, uma vez que o município - de quase seis mil habitantes - dispõe apenas de dois policiais militares e de nenhuma viatura para fazer ronda.

 

Os bandidos fugiram em uma caminhonete levando uma quantia em dinheiro que não foi divulgada. O caso será investigado pela Polícia Federal.



Escrito por Fonte às 23h01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Vândalos destroem refletores do Cristo na presença de guardas e saem impunes - TO

Jornal Surgiu-01/06/11: Foram várias matérias dedicadas ao ponto turístico, inaugurado em 2004, na gestão de Valderez Castelo Branco (PP). Numa delas, o site mostrou que havia supostas falhas na segurança do local. Na época, o diretor do departamento de Vigilância Patrimonial, Paulo Renato, afirmou que três vigilantes cuidam do Cristo, sendo que dois se alternam durante o dia e um fica no período noturno (Confira a matéria na íntegra, aqui).

 

Foto: Dáglia Sabóia - Portal O Norte

Quase um mês após aquela reportagem ir ao ar, a ideia de que falta mais segurança para o Cristo ganha força. Nossa Redação, recebeu a denúncia de um cidadão que mora próximo ao Cristo Redentor de que semana passada, três refletores que iluminam o monumento, foram quebrados por vândalos. Na denúncia, o morador que preferiu não se identificar afirma que raramente pode-se ver um vigia no local e apela para as autoridades competentes tomarem providências quanto ao problema. Finalizando sua denúncia, ele completa: "Um local onde as pessoas deveriam aproveitar para ver como é linda a cidade, conversar, em fim, um local apropriado para muitas coisas boas, mas infelizmente, o que vejo aqui é o inverso: pessoas usando drogas, se prostituindo e depredando o patrimônio público".

 

Em entrevista, Paulo Renato, afirma que um grupo de seis pessoas foi responsável pela depredação. Segundo ele, um vigilante estava no local quando os jovens começaram a destruir os refletores, mas não pode fazer muita coisa, pois além de não poder andar armado, não tinha condições de enfrentar sozinho aos depredadores.

 

Ainda de acordo com Paulo, o vigilante teria, quando do ato, chamado a Polícia Militar para tomar providências, mas quando esta chegou ao local, os vândalos já teriam fugido, não sendo possível identificar nenhum deles. O diretor afirmou que já foi feita solicitação para a compra de novos refletores, mas que não há prazo para instalação dos mesmos.

 

Portal O Norte Daniel Lélis da Redação



Escrito por Fonte às 22h15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Segurança de banco é preso após atirar em cliente em Caxias - RJ

Jornal O Dia Online-01/06/11: O segurança Alex Rosário Sandes, do banco Itaú, localizado no bairro Jardim Primavera, em Duque de Caxias, Baixada Fluminense, foi preso em flagrante depois de discutir e atirar no cliente da agência, Felipe de Almeida Terra, de 22 anos, na manhã desta quarta-feira. Em depoimento, Alex alegou que atirou contra Felipe em legítima defesa.

 

Segundo testemunhas, a confusão começou quando Felipe ficou retido na porta giratória da agência por causa de um celular que estava na bolsa em que carregava, impedindo a passagem dos clientes que saiam da agência. O travamento da porta irritou alguns clientes e gerou uma discussão com Felipe. Houve agressão física entre Felipe e pessoas que estavam no local.

 

De acordo com os agentes, Felipe teria retirado o celular da bolsa, e foi falar com Alex, questionando por que a segurança não impediu a briga. Alex então, teria atirado contra Felipe.

 

Segundo o delegado da 62ªDP (Imbariê), Hilton Pinho Alonso, o cliente do banco ainda não foi ouvido. Ele está internado no Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, sem falar devido ao ferimento provocado pelo tiro.



Escrito por Fonte às 22h01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Bordel leva segurança e luz e conquista vizinhos - RJ

Jornal O Dia Online-01/06/11: A decisão de juiz de libertar e absolver cinco acusados de explorar prostitutas dividiu a opinião de juristas, mas não os vizinhos do bordel. Na Rua Coronel Rocha Sobrinho, em Alcântara, São Gonçalo, os moradores são unânimes: eles querem que a casa de prostituição Club 488 continue funcionando. Foi o estabelecimento que levou segurança e iluminação para a via. A sentença polêmica do juiz André Luiz Nicolitt, da 2ª Vara Criminal de São Gonçalo, foi revelada ontem pela coluna ‘Justiça e Cidadania’.

 

O Club 488 (à esquerda), em Alcântara, 

não parou de funcionar e foi rebatizado 

Foto: Alexandre Vieira / Agência O Dia

O Ministério Público do estado luta na Justiça para derrubar a sentença. “O rufianismo (explorar a prostituição alheia) é crime e a manutenção de casa de prostituição também. O juiz, ao invés de absolver os réus, deveria denunciar às autoridades os locais que têm conhecimento”, defende o procurador-geral de Justiça, Cláudio Lopes.

 

O aposentado Jair Rosa Barcelos, 67 anos, exalta a vantagem de ser vizinho do Club 488: “Temos segurança na rua à noite toda. Quando fecham, muitas pessoas são assaltadas”. Um dos acusados libertados por Nicolitt é policial civil. A supervisora Ana Maria Silva, 31, acrescenta mais um ponto positivo: os postes de luz instalados pelos donos da casa de ‘saliência’.

 

A proximidade com o negócio polêmico é tão bem-vinda que compensa até o constrangimento de ver a mulher ser confundida com prostitutas.Um morador disse que prefere isso à ação de bandidos: “Quando a casa estava fechada, ela foi assaltada”. Segundo os vizinhos, o imóvel não parou de funcionar este ano. Ontem à tarde, um cliente já esperava o local abrir.

 

Decisão divide opinião de juristas

A decisão de Nicolitt dividiu o mundo jurídico. O professor de Direito Criminal Luiz Flávio Gomes é a favor da sentença. “O juiz está certo. Não há exploração, não tem menores envolvidos, então não houve crime”, analisou. Flávio Gomes defende que o Estado não tem que monitor a vida sexual da população. “Cada um que cuide do seu nariz”, opinou.

 

Para advogado criminalista Antônio Gonçalves, um juiz não pode ir contra a lei. “Rufianismo é crime, com pena de 1 a 4 anos. Manter casa de prostituição é crime com pena de 2 a 5 anos. A lei não é para ser analisada, mas cumprida. A decisão será reformada”.

 

Taxado de conservador, o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) aprovou a sentença: “Sou a favor da família e dos bons costumes, mas as mulheres estavam acorrentadas? Não. Então, o juiz está certo”.

 

Prostitutas com direitos trabalhistas

Fundadora da ONG Davida e da grife Daspu, Gabriela Leite defende a legalização das casas de prostituição. “Por viverem na clandestinidade, os donos dão dinheiro à polícia para funcionar. Isso tem que acabar. A atividade tem que ser legal”, reivindicou.

 

A legalização, para Gabriela, também beneficiaria as profissionais do sexo. “Elas passariam a ter direitos trabalhistas. Prefiro tudo às claras. Chega de hipocrisia com essa questão”.

 

ANDRÉ LUIZ NICOLITT, JUIZ CRIMINAL: ‘TERIAM QUE FECHAR TODOS OS MOTÉIS’

 

Fonte de inspiração do juiz titular da 2ª Vara Criminal de São Gonçalo, André Luiz Nicolitt, a música ‘Geni e o Zepelim’, de Chico Buarque, tem como refrão frases como ‘taca pedra na Geni...’, mas o magistrado é firme ao rebater as ‘pedradas’ contra sua decisão de absolver cinco acusados de manter casa de prostituição e rufianismo, crimes previstos no Código Penal.

 

1. Juristas alegam que manter casa de prostituição e rufianismo são crimes e criticam a decisão.

—A mesma lei que trata como crime manter casa de prostituição diz que manter local para prática de atos libidinosos também é crime, e todo mundo vai a motel. Então teriam que fechar todos os motéis. Nenhum dono de motel está preso por causa disso.

 

2. Então, há dois pesos e duas medidas?

—A questão do motel é interessante. Por quê? Porque o Código Penal é de 1940, vem de uma visão arcaica onde o sexo era visto como sujo. No País inteiro há casas dessa natureza (prostituição) espalhadas pelas principais capitais.

 

3. Mas muitos acham que a lei deve ser cumprida.

—A lei do nazismo dizia que colocar judeus no campo de concentração era legal, lícito. Ora, no período da escravidão, os negros sofriam e a lei achava legal. Ora, há que se ver a lei, no caso do juiz, com sensibilidade social e respeito à Constituição Federal.

 

4. A lei precisa então ser mudada para se adequar à sociedade?

—Como já citei, a questão do motel é muito interessante. Não podemos ser hipócritas de forma alguma. A sociedade tem que parar com isso.

 

5. O senhor é a favor da legalização das casas de prostituição?

—Sou muito a favor. A verdade é que as prostitutas já trabalham lá. Se houver a legalização, a atividade será regulamentada e elas serão beneficiadas. Não é possível fechar os olhos para a realidade social, para o que é aceito socialmente.

 

Reportagem de Adriana Cruz e Fernanda Alves



Escrito por Fonte às 21h55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Vigia de escola é preso suspeito de aliciar criança pela internet em SP

Jornal G1-01/06/11: Um vigia de 37 anos de uma escola municipal de São Paulo foi preso nesta quarta-feira (1º) pela polícia suspeito de aliciar pela internet uma aluna de 11 anos. O caso foi investigado pelos policiais da 4ª Delegacia de Repressão a Crimes Cometidos por Meios Eletrônicos (DRCCMeios Eletrônicos) do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic). O suspeito foi flagrado nesta manhã deitado na cama e digitando propostas obscenas para a criança. A prisão ocorreu em São Mateus, na Zona Leste da capital.

 

Segundo o delegado Antônio Lambert, titular da DRCCMeios Eletrônicos, há 40 dias a polícia foi procurada pela família da menina após parentes flagrarem contatos do suspeito pela internet. “Os diálogos são sobre sexo. Ocorreu até a proposta de visitar a casa da menina”, diz o delegado.

 

Com base nos levantamentos feitos, foi possível obter na Justiça mandado de busca e apreensão. Ao se preparar para cumprir a determinação judicial, os investigadores foram avisados pela família da estudante que o homem fazia um contato online. A ação rápida da equipe permitiu a prisão do segurança.

 

Os policiais também conseguiram preservar o texto onde ele propunha atos sexuais à menina. No notebook dele foram encontrados cerca de 800 endereços eletrônicos. Uma primeira verificação apontou que esses dados pertencem a crianças e adolescentes.

 

A Diretoria Regional de Educação (DRE) de São Mateus diz que vai colaborar com a polícia "no que for preciso para a total elucidação dos fatos envolvendo o funcionário de empresa de segurança terceirizada que presta serviços no Centro Educacional Unificado (CEU) Rosa da China".



Escrito por Fonte às 21h30
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Bolo estragado rende apelido de "Azedinho" e indenização a vigia em Minas Gerais

Jornal Notícias Uol-01/06/11: Um vigia de Juiz de Fora, na Zona da Mata de Minas Gerais, não imaginava que sua festa de aniversário de 27 anos iria acabar na Justiça. Por ter servido um bolo estragado aos convidados, o anfitrião, que prefere não ter o nome divulgado, ganhou dos amigos o apelido de “Azedinho”. Ele não gostou da história e acabou procurando a Justiça para processar o supermercado que lhe vendeu o bolo.

 

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) condenou o estabelecimento a pagar indenização de R$ 5.540 ao vigia por ter vendido ao cliente um bolo de aniversário azedo. O segurança será indenizado por danos morais, pois passou por momentos constrangedores e desagradáveis.

 

Os amigos teriam percebido que o produto estava com sabor estranho, mas, embaraçados, comeram o doce para não ofender o aniversariante. Porém, logo depois da festa, duas pessoas sentiram-se mal, foram parar no hospital e, a partir dali, os colegas passaram a chamar o vigia de “Azedinho”.

 

O cliente alegou durante o processo judicial que, apesar de ter sido mantido resfriado e mesmo estando com prazo de validade regular, o bolo estava contaminado. O vigia declarou nos tribunais que até hoje é conhecido como “o homem do bolo azedo”. Ele acusou o supermercado de desleixo e falta de higiene na fabricação e acondicionamento do bolo.

 

Em contrapartida, o supermercado afirma que não ficou comprovada a compra do bolo no estabelecimento e também não houve confirmação de que a mercadoria estava estragada. A empresa ainda acusou o vigia de ter mantido o produto fora da geladeira.

 

Os desembargadores do TJMG entenderam que foi constrangedor para o aniversariante ver os convidados comerem um bolo estragado e saber que alguns dos presentes passaram mal depois da festa.

 

O tribunal proferiu a sentença ao supermercado levando em conta a quebra na relação de confiança do consumidor com o fornecedor. Assim, a venda de produto impróprio para consumo ofende o cliente e abre precedente para o dano moral.



Escrito por Fonte às 21h26
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Vigia é amarrado no banheiro por marginais que tentam roubar banco - PR

Jornal CGN-01/06/11: Uma cidade relativamente calma, mas que foi surpreendida pela ação de elementos que tentaram roubar o Banco do Brasil. Em Ouro Verde do Oeste, na madrugada desta quarta-feira (1º), por volta das 2h09, a Polícia Militar recebeu uma ligação do monitoramento do Banco do Brasil de dentro da Prefeitura informando que o alarme da agência havia disparado.

 

Imediatamente policiais foram até o local e confirmaram a tentativa de roubo, mas os indivíduos já haviam efetuado fuga às pressas a poucos instantes. No local, muita fumaça e um vigia estava amarrado dentro de um dos banheiros da prefeitura.

 

Os policias arrombaram aporta e soltaram o vigia que informou que foram uns quatro ou cinco indivíduos, todos encapuzados, e um portando uma arma longa. A Polícia encontrou no local vários objetos como máscaras, ferramentas.

 

Ainda no pátio da prefeitura foi encontrado uma mochila da cor preta e no interior outras ferramentas, um policorte marca boch, um alicate ingleza, uma lanterna, alguns metros de fio e 1 walk talk motorola. No terreno ao lado foi encontrado uma ferramenta pé de cabra.

 

Alexandra Oliveira



Escrito por Fonte às 21h20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Bando leva caixa eletrônico de cooperativa - SP

Jornal EPTV-01/06/11: Uma quadrilha roubou um caixa eletrônico de uma cooperativa de crédito, que fica na avenida Habib Jábali, no centro de Serrana, na madrugada desta quarta-feira (1). A polícia não sabe de que forma os bandidos transportaram o equipamento.

 

Segundo a Polícia Civil, dois indivíduos armados e encapuzados renderam um vigia que estava no local e forçaram a porta de acesso ao caixa. Em seguida, mais cinco suspeitos entraram, alguns usando bonés e outros cobrindo a cabeça com o capuz do moletom, e arrancaram o equipamento todo.

 

Os criminosos usaram um Astra prata sem placa para fugir, mas a polícia não sabe que veículo foi utilizado para levar o caixa, nem a quantia que havia dentro do equipamento.



Escrito por Fonte às 21h14
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Beatriz Árias presta depoimento na DHPP sobre morte de Fernando Belo - MT

Jornal Documento-01/06/11: A ex-escrevente Beatriz Árias Paniagua está sendo ouivda neste momento pelo delegado André Gonçalves, adjunto da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ela foi arrolada no inquérito que apura a morte do ex-vigia Fernando Barbosa Belo, 39, executado a tiros na porta da casa dele, no dia 29 de dezembro do ano passado.

 

Beatriz é prima da viúva de Belo, Fabiany Benedita Árias, que fez um boletim de ocorrência no dia 23 de maio dizendo que vinha sendo ameaçada por Beatriz e o irmão dela, Joamildo Aparecido Barbosa. Antes de entrar para prestar depoimento Beatriz disse que não falaria com a imprensa.

 

Beatriz Árias e Joamildo têm histórico de homicídios. Ela é apontada como co-autora do assassinato do juiz Leopoldino Marques do Amaral, morto a tiros em setembro de 1999, no Paraguai.

 

Na semana passada a ex-escrevente recebeu, pela segunda vez, o benefício da liberdade condicional para cumprir o restante da pena de 12 anos pelo homicídio do magistrado. Ela já "pagou" 2/3 do tempo estipulado pela Justiça.



Escrito por Fonte às 21h07
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Ex-diretor da Assembleia é detido ao depor na CPI da Espionagem - PR

Jornal Bem Paraná-01/06/11: O ex-diretor administrativo da Assembleia Legislativa  Francisco Ricardo Neto foi preso agora há pouco dentro da Casa durante depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Espionagem. O presidente da Comissão, deputado Marcelo Rangel (PPS), determinou a prisão do ex-diretor porque, segundo ele, houve contradições no depoimento dele. Ricardo Neto saiu do plenário escoltado por seguranças e foi levado direto para uma sala reservada. Ele será encaminhado para Centro de Operações Policiais Especiais da Polícia Civil (Cope). Nesse momento ele está na sala de segurança da Assembleia e está companhado do advogado Marder Maués.

 

Segundo o advogado, o presidente da CPI deputado Marcelo Rangel (PPS) cometeu um abuso de autoridade ao determinar a detenção. O advogado promete entrar na corregedoria da casa contra o parlamentar. A expectativa é que Francisco Ricardo Neto seja solto ainda hoje.



Escrito por Fonte às 20h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Justiça julga pedido de indenização de R$ 3,5 milhões - MT

Jornal Midia News-01/06/11: O juiz Elinaldo Veloso Gomes, da 7ª Vara Civil de Cuiabá, decide, no próximo dia 8, se acata ou não o pedido de indenização por danos morais e materiais, no valor de R$ 3,5 milhões, a ser paga à família do estudante Reginaldo Donnan dos Santos Queiroz.

 

Reginaldo (destaque), 

que era arrimo de família, 

foi morto por espancamento 

dentro de shopping

Ele foi morto no final de agosto de 2009, após ser espancado por seguranças, no interior do Goiabeiras Shopping Center, em Cuiabá.

 

A audiência de instrução de julgamento está marcada para às 16h, no Fórum da Capital. Na ocasião, algumas testemunhas serão ouvidas, bem como as partes. Após as alegações dos envolvidos, o juiz decide se anuncia a sentença ou marca uma data para que seja proferida.

 

De acordo com o advogado da família do estudante, Hélio Nishiyama, o valor foi calculado com base nos danos que a mãe e os irmãos de Reginaldo sofreram em função de sua morte.

 

O dano moral diz respeito a toda situação de dor e sofrimento que a família passou, ao constatar que o rapaz, que também era vendedor ambulante, morreu em decorrência das agressões praticadas por seguranças do shopping.

 

Já o pedido de reparação ao dano material foi feito com base no fato de que o vendedor era arrimo de família (sustentava a mãe). O advogado explicou que a lei prevê que a indenização deve corresponder ao período em que Reginaldo trabalharia até os 65 anos.

 

Relembre o caso

Reginaldo Queiroz entrou no Goiabeiras Shopping Center por volta das 16h30 do dia 29 de agosto de 2009, para comprar ingressos de um evento e, depois, sentou-se na praça de alimentação para tomar um suco, acompanhado de duas amigas.

 

Ele carregava vários porta-latinhas, trajava roupa simples e um chapéu de abas largas (tipo mexicano).

 

Segundo relatos, ele foi abordado na praça de alimentação por dois seguranças, que recolheram o material, além do seu chapéu. Momentos depois, ele foi imobilizado na loja Beto Esportes, onde tentava fazer uma compra, e foi levado pelos seguranças Jefferson Medeiros e Ednaldo Belo até a sala de segurança.

 

O estudante saiu da sala da segurança dentro de um contêiner de lixo, provavelmente, já inconsciente, e deu entrada no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá, às 21 horas.

 

No dia 31 de agosto, foram constatados indícios de morte cerebral, sendo mantido vivo com auxílio de aparelhos. No dia 1º de setembro, Reginaldo morreu.

 

O rapaz foi espancado até a morte pelos seguranças do Goiabeiras Shopping, Ednaldo Belo, Valdenor Moraes, Jorge Dourado Nere e Jefferson Medeiros.

Medeiros foi condenado a pena de 23 anos por homicídio e Belo condenado a 12 anos e seis meses. Ambos também receberam a condenação de mais um ano e oito meses por fraude processual.

 

Já Valdenor Moraes e Jorge Nery foram absolvidos das acusações.



Escrito por Fonte às 20h50
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Vigilante acusa ex-patrão de injúria com teor racista - SP

Jornal Cruzeiro do Sul-01/06/11: Um vigilante de 57 anos denunciou à Polícia Civil o ex-patrão por injúria com teor racista. Segundo o boletim de ocorrência que registrou na delegacia do plantão norte, as ofensas ocorreram em março, na empresa metalúrgica em que trabalhava. Sem suportar a "pressão psicológica", ele pediu demissão.

 

O vigilante contou que nos dias 10 e 12 de março, ele foi chamado de "negro à toa, raça imunda" pelo ex-patrão. No dia 18, a injúria teria se repetido. De acordo com o vigilante, dessa vez foi chamado de "negro sujo 171", na presença de outros funcionários e um prestador de serviço. O número 171 se refere ao artigo do Código Penal para o crime de estelionato.

 

O motivo das ofensas, acredita o vigilante, seria para ele pedir demissão e assim reduzir o valor da indenização a ser pago pela empresa. Por causa do estresse no lugar de trabalho, o vigilante teria entrado em depressão. O ex-patrão deverá ser ouvido pela polícia para dar sua versão sobre a denúncia.



Escrito por Fonte às 09h15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



UFC precisa investir R$ 6 milhões - CE

Jornal O Povo Online-01/06/11: A Universidade Federal do Ceará (UFC) precisa investir R$ 6 milhões em segurança para evitar ao máximo os furtos, assaltos e até sequestros-relâmpago ocorridos nos campi da instituição. Os cálculos foram repassados ontem ao O POVO pelo reitor Jesualdo Farias.

 

Segundo ele, o dinheiro seria utilizado na compra de equipamentos, carros e motos para os 470 vigilantes lotados nos três campi de Fortaleza (Pici, Benfica e Porangabuçu), dois escritórios do Labomar, Casa José de Alencar, campus de Sobral (dividido em quatro espaços), campus do Cariri (dividido em três espaços) e campus de Quixadá (dividido em dois espaços).

 

Além disso, controles de acesso e guaritas eletrônicas seriam instaladas nas entradas das sedes; muros seriam construídos e mais iluminação seria instalada.

 

O investimento seria feito em um ano, a partir da criação de uma verba específica para isto dentro do orçamento de 2012 do Ministério da Educação (MEC), que será colocado em pauta no segundo semestre. Em 2011, a pasta dispôs de R$ 69 bilhões. Em 2010, de R$ 53 bi; em 2009, de R$ 40,5 bi.

 

Conforme Jesualdo Farias, qualquer medida de segurança hoje é adotada na UFC com a verba de custeio da unidade, utilizada para pagamento de pessoal, por exemplo. “Para investimento em segurança, não vem nada. A gente divide de acordo com a demanda”, explica.

 

Ele diz que a reivindicação da verba fixa para o setor foi repassada ao titular da Secretaria da Educação Superior (Sesu), Luiz Cláudio Costa. O dinheiro, porém, não iria para manutenção. A continuidade dos serviços seria bancada pela verba de custeio. “Nesse ano, tivemos um custeio confortável. Mas, para reduzir a violência, a solução é investir na logística. Porque segurança tem custo elevado”, diz o reitor.

 

A Sesu disse que o MEC “está estudando uma forma de atender ao pedido” da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

 

Entenda a notícia

É esperar o posicionamento oficial do MEC sobre a possibilidade de uma verba específica ser criada no Orçamento da União para a segurança nas universidades. Não há data para isto acontecer.

 

Saiba mais

Jesualdo Farias disse que não haveria necessidade de contratação de mais homens para garantir segurança aos equipamentos da UFC.

 

Ele descartou, ainda, que a utilização de parte do custeio para ações de segurança comprometa outros setores da universidade. “Fazemos todo um planejamento antes de realocar os recursos. No fim, o que sempre fica comprometido mesmo é a segurança. Porque eu não vou tirar dinheiro da graduação, por exemplo, para comprar um carro”, pontuou.

 

Ontem, O POVO mostrou que a administração superior da UFC autorizou a contratação de serviços de circuito interno de TV para os três campi de Fortaleza.

 

Decisão foi tomada para evitar que mais furtos, assaltos e sequestros-relâmpago aconteçam. Expectativa é de que sistema de monitoramento começem a operar até outubro deste ano.

 

Por conta dos recorrentes episódios de violência, os alunos se dizem inseguros.

 

Bruno de Castro



Escrito por Fonte às 09h06
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Audiência que investiga roubo a carro-forte ocorre hoje, 4a.feira, 1o de junho - CE

Jornal Direitoce-01/06/11: A 1ª Vara Criminal do Fórum Clóvis Beviláqua realiza, a partir das 15h:00 de hoje, 4a.feira (1º/06), audiência referente ao processo que investiga o roubo de R$ 740.406,85 de um carro-forte da empresa Corpvs Segurança, ocorridoem junho de 2008, em Fortaleza.

 

Durante a audiência, o juiz Sílvio Pinto Falcão Filho deve encerrar a oitiva das testemunhas de defesa. Concluída essa fase, será realizado o interrogatório dos acusados Francisco Genério Bruno da Silva, Francisco Jonas Andrade Albuquerque e Wellington Matias de Moura. O réu José Alexandre Vieira da Silva está foragido e será julgado à revelia.

 

Além de formação de quadrilha, os quatro são acusados de roubo praticado com concurso de pessoas e contra vítima em serviço de transporte de valores.

 

O crime

De acordo com os autos, o crime ocorreu quando dois vigilantes da empresa saíam de uma agência da Caixa Econômica Federal, no bairro do Conjunto Ceará, e foram rendidos por Wellington e Jonas. A dupla, que vestia fardamento da Polícia Militar, levou dois malotes com o dinheiro.

 

Após o roubo, os ladrões teriam fugido com Genério e Alexandre, que davam cobertura à ação criminosa. Os acusados foram reconhecidos pelos vigilantes e pelos policiais que tiveram as fardas roubadas.

 

Fonte: TJ/Ceará



Escrito por Fonte às 08h18
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Subcomissão discute agressões a consumidores - DF

Jornal Correio do Brasil-31/05/11: Em audiência pública com mais de três horas de duração, a Subcomissão Permanente em Defesa do Emprego e da Previdência Social discutiu as agressões sofridas por consumidores por parte de vigilantes de supermercados e lojas de departamentos. Vários depoentes salientaram a necessidade de esses vigilantes estarem melhor preparados para as relações com consumidores.

 

O ouvidor da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (Seppir), Carlos Alberto de Souza e Silva Júnior, lembrou que as novas classes consumidoras brasileiras são compostas, em sua maioria, de negros que deixaram a pobreza absoluta. Para ele, o mercado consumidor brasileiro tem hoje outra cor de pele.

 

- Os negros passaram a consumir. Precisamos mudar o paradigma de que um negro dentro de uma loja é um suspeito de furto – afirmou o ouvidor, que disse ter sido seguido por um vigilante quando pesquisava produtos em uma filial das Lojas Americanas em Brasília.

 

A reunião da subcomissão – vinculada à Comissão de Assuntos Sociais (CAS) e presidida pelo senador Paulo Paim (PT-RS) – foi dominada pelo caso de espancamento de Márcio Antonio de Souza em uma filial das Lojas Americanas de Campo Grande, no último 23 de abril. Suspeito do furto de dois ovos de páscoa, o consumidor foi espancado dentro da loja, por um segurança identificado como Décio Garcia de Souza. Márcio contou na audiência pública que teve o nariz quebrado e sequelas de audição, entre outros problemas. O caso está sendo investigado pela polícia.

 

O advogado das Lojas Americanas, Silzomar Furtado de Mendonça Júnior, disse que Márcio foi flagrado pelo segurança – que trabalha para uma empresa terceirizada – colocando ovos de páscoa em seu capacete. Disse que as Lojas Americanas reprovam qualquer tipo de agressão ou discriminação em suas lojas, mas que não considera o caso como racismo, já que a discriminação racial não foi citada no depoimento que Márcio prestou à polícia.

 

- Mesmo que ele tivesse furtado, qual o direito da loja ou do segurança de espancá-lo? – indagou então o ouvidor da Seppir, recebendo elogios de Paulo Paim.

 

Carlos Alberto Júnior convidou as Lojas Americanas e outras empresas a se adequarem ao Selo Pró-Equidade de Gênero e Raça, instituído pela Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres.

 

O frade franciscano David Santos, diretor-executivo da Educafro – Educação e Cidadania para Afrodescendentes, criticou a postura das Lojas Americanas, que tem se recusado, segundo ele, a discutir o assunto. Como conclusão da audiência pública, Paulo Paim propôs a realização de uma reunião com as partes envolvidas, a ser feita na Seppir, no próximo dia 15.

 

Frei David pediu que a Polícia Federal acabe com as salas de tortura dentro das empresas. Informou que, para cada caso registrado, nove ficam sem registro. Durante a audiência, disse ter determinado, por telefone, a abertura e o fim de um protesto em frente a uma unidade das Lojas Americanas em Brasília.

 

Diversos outros casos de agressão a consumidores foram relatados na reunião. O advogado Dojival Vieira dos Santos lamentou a terceirização da segurança pública no Brasil. O coordenador-geral de Controle e Segurança Privada da Polícia Federal, Adelar Anderle, disse que o número de vigilantes cadastrados na PF chega a 2 milhões, dos quais 700 mil estão empregados. Mas alertou haver mais de um milhão de vigilantes trabalhando na informalidade, sem qualquer curso ou preparo.

 

Márcio Milan, vice-presidente da Associação Brasileira de Supermercados, afirmou que a entidade vem dando mais atenção à capacitação dos vigilantes desde o ano passado. José Boaventura Santos, presidente da Confederação Nacional dos Vigilantes e Prestadores de Serviços, afirmou que os vigilantes devem ter um treinamento específico para o setor no qual atuam.

 

José Paulo Tupynambá / Agência Senado



Escrito por Fonte às 08h11
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Moradores de loteamento no Tarumã denunciam ameaças de homens encapuzados - AM

Jornal D24am-31/05/11: Manaus-Doze homens encapuzados e portando armas de fogo estão ameaçando ocupantes do loteamento José Alencar, Tarumã, zona oeste. No local, de 20 mil metros quadrados, existem 1.475 famílias distribuídas em lotes. A denúncia é do coordenador do Movimento Sem-Teto do Norte, Aguinaldo Perreira, 44.

 

De acordo com Aguinaldo,essa não é a primeira vez que os vigias ameaçam os moradores. “Eles sempre estão aqui rondando os lotes com armas em punho. Eles chegam por terra ou pelo igarapé”, disse.

 

Hoje, duas mulheres, sendo uma grávida, passaram mal depois serem ameaçadas por uma dupla armada. Segundo elas, eles atiram contra os ocupantes do terreno, não houve feridos.

 

“Olhei para o lado e vi dois homens armados. Eles atiraram e eu desmaiei”, disse a dona de casa Cláudia Gomes, 34, grávida de oito meses. “Eu ouvi o disparo e logo em seguida desmaiei”, contou Francisca Oliveira Fernandes, 52.

 

Policiais da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) e 19ª Companhia Interativa Comunitária (19ª Cicom) estiveram no local depois de receberem denúncia. “Vistoriamos a área e não encontramos projéteis de munição. Também fomos até o local onde os vigias do dono do terreno estão alojados e não encontramos armas. Pedimos para os vigias deixarem o local pra evitar o confronto”, disse a tenente Marcilene Morais.

 

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) informou que o Grupo de Gestão Integrada (GGI) tenta conseguir na Justiça a ordem de reintegração de posse do terreno que é uma Área de Proteção Ambiental (APA). A Semmas também tenta identificar os responsáveis pela derrubadas de árvores para responsabilizá-los por crime ambiental.

 

Cleidimar Pedroso



Escrito por Fonte às 08h01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Seis homens são presos após assalto a banco no Ipiranga - SP

Jornal A Cidade-31/05/11: Seis homens foram presos depois de um assalto a uma agência do Banco Popular na avenida Dom Pedro I, no Ipiranga, na tarde desta terça-feira (31), em Ribeirão Preto. Eles são suspeitos de praticar três roubos em 25 dias no mesmo local. Um dos detidos é o vigia da agência.

 

Após o roubo, a polícia recebeu uma denúncia anônima e encontrou os suspeitos, inclusive o vigia, em uma casa no Jardim Jandaia, com o dinheiro roubado e uma arma. Segundo a polícia, eles estavam contando o dinheiro quando foram localizados e presos.

 

Parte do dinheiro foi jogada no vaso sanitário e a polícia recuperou R$ 1 mil entre moedas e cédulas. A polícia não soube informar o valor levado por eles nesta vez. Nas duas ocasiões anteriores, foram roubados R$ 27.865.

 

Eles foram encaminhados à Cadeia Pública de Santa Rosa de Viterbo e vão responder por roubo (4 a 10 anos de prisão) e formação de quadrilha (1 a 3 anos).



Escrito por Fonte às 07h48
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Bandidos explodem caixa eletrônico do Bradesco; vigilante é levado como refém - PB

Jornal Paraíba-31/05/11: “A gangue da dinamite” voltou a agir e na madrugada desta terça-feira (31) eles explodiram mais um caixa eletrônico no Sertão do Estado. Desta vez o fato aconteceu na cidade de São José dos Cordeiros, no Cariri paraibano.

 

Segundo informações da polícia, o caixa eletrônico foi o do Banco Bradesco, o único da cidade. Pelo que foi apurado até agora seis homens chegaram à cidade em uma caminhonete e detonaram dinamites na agência. Eles recolheram o dinheiro e levaram um vigilante de rua como refém. O vigia só foi solto a quatro quilômetros da cidade, numa estrada de barro. A quantia roubada ainda não foi informada pela administração do banco.

 

Somente este ano já foram registrados pelo menos 25 casos envolvendo terminais bancários na Paraíba, entre explosões, arrombamentos com maçaricos e tentativas de furto.

 

Na última sexta-feira, em João Pessoa, bandidos tentaram violar um caixa da Secretaria Municipal de Saúde, mas desistiram depois que o alarme do aparelho foi acionado e fugiram levando um carro oficial da Prefeitura.



Escrito por Fonte às 16h37
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Vigilante de banco é agredido e amarrado em carro - RS

Jornal Gaz-31/05/11: Gritos de socorro e a imagem de um homem amarrado dentro de um carro, com lesões na face, chamaram a atenção de populares que trafegavam pela Rua Cristóvão Colombo, bairro Vila Rosa, no começo da manhã de ontem e lançaram um alerta para a Polícia. A vítima era o vigilante da agência do Banco do Brasil de Estância Velha, Marcos Roberto Vier, 29 anos. Ferido, ele foi socorrido até o Hospital Municipal por volta das 8h30 desta terça-feira, 31.

 

Vier estava dentro de seu veículo, o Kadett cinza, placa ICE-9373 de Estância Velha. Por volta das 11h30, peritos do Instituto Geral de Perícia (IGP) de Novo Hamburgo estiveram no local e coletaram digitais e marcas de sangue espalhadas pelo veículo. Conforme o inspetor Julio Cesar Dutra, chefe de investigação da Delegacia de Polícia de Estância Velha, a vítima já vinha sendo ameaçada.

 

Fonte: Jornal NH Online



Escrito por Fonte às 16h30
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Shopping de SP contratam homens armados para fazer segurança

Jornal Floripa-31/05/11: Shopping de SP contratam homens armados para fazer segurança

Assaltos a joalherias são cada vez mais comuns. A medida é condenada por especialistas em segurança porque pode pôr em risco a vida de clientes.

 

Um crime que tem sido registrado com cada vez mais frequência é o de roubos a joalherias em shoppings. Autoridades e lojistas discutem qual a melhor solução para conter esse tipo de crime. Quem vai ao shopping anda assustado.

 

“É perigoso. A gente tem de ficar mais atento. É preciso ter segurança”, conta a auxiliar administrativa Vanessa Cristina da Silva.

 

“Agora você não tem a segurança para levar seu filho de 5 anos ao shopping, porque ele pode levar um tiro”, conta a operadora de telemarketing Andréia Dias de Figueiroa.

 

De acordo com a Associação dos Lojistas, somente em 2010 já ocorreram 16 assaltos a shoppings no país, nove deles foram em joalherias. Para tentar conter a criminalidade alguns shoppings de São Paulo, contrataram homens armados pra fazer a vigilância dos estabelecimentos. Uma medida condenada por especialistas em segurança porque pode pôr em risco a vida de clientes.

 

“Com criminosos dispostos a tudo e funcionários armados e mal preparados, é criado uma situação de confronto em que o cliente está no meio desse tiroteio. Tirando-se a arma de pelo menos de um segurança, é possível reduzir potencialmente a chance de alguém se machucar nessa historia”, explica o especialista em segurança José Vicente da Silva Filho.

 

A associação que reúne as empresas de vigilância diz que existem de 1,5 mil a 2 mil vigilantes atuando em shoppings no Brasil. “Vigilantes são devem andar armados em momentos extremados na parte periférica externa, na parte interna não, na parte interna é prevenção total, é realmente botões de pânico, câmeras funcionando a contento, câmeras com ótima resolução, gravação de imagem. Isso sim que é o importante”, diz presidente da Associação Brasileira das Empresas de Vigilância (Abrevis), José Jacobson Neto.

 

Os empresários pedem reforço no policiamento. Querem rondas diárias e bases comunitárias perto dos shoppings. “O ideal seria que houvesse sempre uma viatura mesmo sendo paga pelo shopping center, isso não tem sido possível e a gente percebe que a secretaria de Segurança também tem limites para poder trabalhar e tem contribuído dentro das limitações deles”, afirma o presidente da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping Nabyl Sahyoun.

 

“O shopping constitui alvo esporádico da ação de criminosos, não justifica uma intensificação da polícia nesses locais. A polícia tem uma demanda muito mais intensa para fazer cobertura, pode haver cooperação, mas não no sentido de ser um guardião de shopping Center, que deve ficar para segurança própria”, explica especialista em segurança.

 

As polícias Civil e Militar foram procuradas pela nossa produção, mas não quiseram se manifestar. De acordo com a Associação Brasileira de Lojistas, os shoppings investem cerca de R$ 3 milhões em segurança por ano.



Escrito por Fonte às 16h25
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Vigia rouba a casa que protegia - RJ

Jornal Maricá Info-31/05/11: Policiais do Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) de Maricá prenderam em flagrante na tarde de domingo, na Favela do Saco da Lama, um homem por furto de maquitas, furadeiras, televisão, jogos de banheiro e diversos objetos de obras.

 

Os policiais contam que viram um homem vindo em direção contrária à viatura com uma mochila nas costas, o que despertou a atenção da guarnição. Ao ser abordado e revistado, o suspeito informou que havia furtado da residência onde trabalhava. A guarnição foi até a residência e recuperou outros objetos deixados já embalados fora da casa que seriam trocados por crack. Além de diversos materiais de obras, o acusado informou que arrancou todos os fios da casa para queimar e vender como cobre.

 

Segundo os policiais, ao entrar em contato com o dono da residência, o morador explicou que deixou o suspeito vigiar sua casa para que nada fosse roubado.

O caso foi registrado na 82ª DP (Maricá)

 

Fonte: Jornal Enter



Escrito por Fonte às 16h15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Homem que assaltou Banco do Brasil é preso em Capoeiras - PE

Jornal NE10-31/05/11: Um dos homens que assaltou a agência do Banco do Brasil de Capoeiras, no Agreste de Pernambuco, foi preso nessa segunda-feira (30). Marcelo Monteiro da Silva foi perseguido pelos policiais de Garanhuns e detido com R$ 9.590. A polícia diz ter imagens do rapaz, conhecido como Marcelo AP, cometendo outros crimes na região, como assaltos a lotéricas e postos de combustíveis.

 

A polícia ainda está tentando encontrar os outros dois homens envolvidos no assalto dessa segunda. O trio armado entrou no banco e rendeu os seguranças, clientes e funcionários da agência. Eles levaram o dinheiro dos caixas de atendimento do banco e as armas dos seguranças.



Escrito por Fonte às 16h06
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Seis caixas eletrônicos são alvos de criminosos na Grande SP

Jornal Folha-31/05/11: Seis caixas eletrônicos foram alvos de criminosos entre a noite de segunda (30) e a madrugada desta terça-feira na Grande São Paulo. Os criminosos estão foragidos.

 

Por volta das 4h30, três caixas eletrônicos instalados no prédio da Editora Saraiva na rua Henrique Schaumann, em Pinheiros, zona oeste de São Paulo, foram arrombados. Ao menos sete homens armados invadiram o local, renderam dois seguranças e arrombaram as máquinas que ficam no primeiro andar da editora. Eles fugiram levando o dinheiro dos caixas eletrônicos.

 

Segundo a polícia, hoje é dia de pagamento de salário dos funcionários da empresa, e as máquinas estavam abastecidas com dinheiro.

 

No mesmo horário, ladrões arrombaram um caixa eletrônico do banco Santander instalado em uma empresa na rua Brasilio Machado, no centro de São Bernardo do Campo (Grande SP).

 

Segundo a Polícia Militar, cinco ladrões armados com fuzis renderam o vigia e arrombaram a máquina com maçarico. Eles fugiram em dois carros levando o dinheiro do caixa eletrônico. A polícia não sabe informar o valor levado pela quadrilha.

 

Em Osasco (Grande SP), a explosão de um caixa eletrônico provocou um incêndio em um mercado na rua Adelaide Escobar Bueno, no bairro Munhoz Junior, por volta das 3h.

 

Quatro equipes dos bombeiros foram ao local para combater o fogo, que destruiu o mercado. Não há informações de feridos.

 

A polícia ainda não sabe informar se os criminosos levaram o cofre da máquina devido ao incêndio.

 

Meia hora depois, criminosos arrebentaram a porta de vidro e furtaram computadores de uma agência da Caixa Econômica Federal na avenida Duque de Caxias, no Santa Ifigênia, região central de São Paulo. Segundo a polícia, os caixas eletrônicos não foram furtados.

 

Na noite de segunda-feira, uma quadrilha explodiu um caixa eletrônico instalado em uma loja de conveniência de um posto de combustíveis na avenida Fuad Lutfalla, na Vila Maria Trindade, zona norte de São Paulo.

 

Por volta das 23h, quatro homens armados com pistolas renderam os funcionários do posto de gasolina, instalaram a bomba no caixa eletrônico e retiraram as pessoas do local. Em seguida, explodiram a máquina. Segundo a Polícia Militar, testemunhas que passavam pelo local também eram retidas pelos criminosos. Não houve feridos.

 

A explosão destruiu o caixa eletrônico e danificou a loja. A polícia não soube informar se o cofre da máquina foi roubado. O caso será registrado no 72º Distrito Policial da Vila Penteado.

 

Martha Alves

de São Paulo



Escrito por Fonte às 16h00
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Mulher armada com faca é detida após invadir escola em Feira de Santana - BA

Jornal Correio 24horas-30/05/11: Uma mulher foi detida na manhã desta segunda-feira (30) depois de invadir uma escola municipal em Feira de Santana, a 107 km de Salvador, armada com uma faca. A suspeita foi detida por uma vigilante da Escola Municipal Otaviano Ferreira Campos.

 

Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

Norberta Jesus Mota, que aparenta ter cerca de 50 anos, mora no mesmo bairro da escola e entrou no local para ameaçar estudantes por conta do barulho que eles faziam. Depois de deté-la, a vigilante chamou a guarda municipal da cidade, que a conduziu até a Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam).

 

A mulher tentou entrar na escola desarmada, primeiro, mas foi impedida pela vigilante; depois, ela voltou para casa, pegou uma faca e pulou o muro da escola. Logo depois ela foi detida.

 

Segundo o Acorda Cidade, Norberta disse que não queria ferir ninguém e que entrou no local apenas para alertar que uma pessoa tinha intenção de furtar a escola. A polícia suspeita que ela tenha problemas mentais e, por isso, ela foi levada para o Hospital Lopes Rodrigues e um exame deve confirmar se ela realmente tem deficiências.



Escrito por Fonte às 21h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Vigilantes de escola fazem protesto na SEED - SE

Jornal Infonet-30/05/11: Foi apenas um protesto com participação dos vigilantes de escolas públicas, a manifestação realizada na manhã desta segunda-feira, 30, na porta da sede da Secretaria de Estado da Educação (SEED), conforme adverte o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nos Serviços Público do Estado de Sergipe (Sintrase), Waldir Rodrigues.

 

Poucos vigilantes participaram do protesto. Segundo informou o presidente do Sintrase, aderiu à manifestação apenas os vigilantes que estavam folgando na manhã desta segunda-feira, 30. O sindicalista Waldir Rodrigues garante que não houve paralisação das atividades, mas ele não descarta esta possibilidade, diante do elevado grau de insatisfação dos vigilantes de escolas.

 

Waldir Rodrigues denuncia que há um tratamento desumano por parte da Secretaria de Estado da Educação, que vem sobrecarregando o funcionário que desempenha a função de vigilante nas escolas públicas da rede estadual. “Sabe quantas horas semanais um vigilante trabalha?”, interroga o sindicalista. Ele próprio dá a resposta: 48 horas. “Belivaldo (Chagas, o secretário da Educação) é um caloteiro. Os vigilantes fazem hora extra e não recebem. Estão sem receber o pagamento de hora extra há mais de um ano”, denuncia.

 

Adesão restrita aos vigilantes 

de folga, segundo Sintrase

Além do pagamento das horas extras trabalhadas e da jornada de 30 horas semanais, o Sintrase pleiteia a exoneração do gestor da Segurança Escolar, Roberto Sampaio. Para o sindicalista Waldir Rodrigues, o gestor age de forma “prepotente e arrogante”. O sindicalista garante que Sampaio não é preparado para exercer o cargo.

 

O gestor Roberto Sampaio reage às críticas do sindicato com tranquilidade e garante que apenas tem atuado com ética para moralizar o serviço público. “Quando assumi este cargo, encontrei vigilantes que trabalhavam 90 horas e até 120 horas semanais, enquanto outros trabalhavam apenas quatro dias no mês”, diz. “E o que fizemos? Instituímos uma escala única”, justifica. “Eles faltavam muito ao serviço e começamos a descontar as faltas, isto tem incomodado a alguns”, ressaltou.

 

Na avaliação do gestor, de um universo de cerca de 1.700 vigilantes, a insatisfação está restrita a algo em torno de 20 ou 30 profissionais. “Não é mais que isso. É um número pequeno diante do efetivo de vigilantes que temos nas escolas”, comenta. “Estaria preocupado se eu tivesse cometido algum ato de improbidade administrativa, mas eu apenas estou sendo ético e justo. Os que protestam são justamente aqueles que gozavam dos privilégios que cortamos", argumenta Sampaio. "Mas a grande maioria é formada por pessoas trabalhadoras e cumprem com o dever", complementa.

 

Na manhã desta segunda-feira, 30, os vigilantes começaram o protesto com faixas na porta da SEED e logo depois tomaram o prédio. O secretário Belivaldo Chagas se ausentou da SEED porque estava com compromisso marcado com a Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, justamente para dar explicações sobre as propostas do Governo para os professores da rede estadual, que estão em greve. A Assessoria de Comunicação da SEED informou ao Portal Infonet que o secretário os receberia em audiência ainda hoje no Gabinete, mas o grupo se dispersou antes de Belivaldo retornar da Assembleia Legislativa.

 

Ao Portal Infonet, a Assessoria de Comunicação da SEED encaminhou nota sobre a manifestação dos vigilantes realizada na manhã desta segunda-feira, 30, na porta da secretaria. Na nota, o secretário Belivaldo Chagas afirma estar aberto ao diálogo com as entidades representativas dos servidores da SEED, “desde que seja dentro de um ambiente de respeito e consideração, a exemplo do que está ocorrendo com o Sintese”.

 

Informa ainda que a Secretaria de Educação vem cumprindo a carga horária dos vigilantes estabelecida pelo edital do concurso e que aqueles que estão trabalhando duas horas a mais são remunerados com hora extra. “É importante esclarecer que nenhum vigilante é obrigado a fazer hora extra. Para o funcionário que aceita é firmado um termo de compromisso e nós procedemos o pagamento depois de o processo passar pela procuradoria jurídica” , frisa o secretário.

 

Por Cássia Santana



Escrito por Fonte às 21h16
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Prédio da SEMED é invadido em Porto Velho e ladrões limpam caixa eletrônico - RO

Jornal Rondoniagora-30/05/11: Um caixa eletrônico do Banco do Brasil foi arrombado na madrugada desta segunda-feira em Porto Velho no prédio da Semed, no Setor Industrial da cidade.

 

De acordo com informações da Polícia, pelo menos três homens invadiram o local armados com pistolas.

 

Eles renderam os dois vigilantes que estavam de plantão e usaram um maçarico para poder abrir o caixa eletrônico levando todo dinheiro, além da arma do vigilante.

 

Os bandidos levaram pouco mais de duas horas para terminarem o roubo e fugiram tomando rumo ignorado deixando os vigilantes amarrados.



Escrito por Fonte às 21h05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Quadrilha rouba caminhão e empilhadeiras em empresa de Paulínia - SP

Jornal Portal de Paulínia-30/05/11: Uma quadrilha fortemente armada com fuzil e espingarda calibre 12, assaltaram a empresa Cria-Sim Produtos de Higiene e Limpeza, na noite deste sábado (28/05), no bairro Betel, em Paulínia. Os bandidos renderam um porteiro e dois vigilantes e levaram um caminhão e quatro empilhadeiras. As vítimas não souberam informar a carga levada, pois permaneceram na guarita da empresa. O valor da carga não foi informado à polícia. É o segundo roubo de grande porte na cidade. No início do mês, cinco homens invadiram uma transportadora e levaram três caminhões carregados de combustível.

 

A abordagem aconteceu por volta das 20h00. Os assaltantes renderam as vítimas e obrigaram a se deitar no chão. Durante o assalto, um dos bandidos ficou com as vítimas, enquanto os demais foram ao pátio da empresa. Eles pegaram dois coletes balísticos, dois revóveres e radiocomunicadores de uma empresa terceirizada. Além desses itens, os vigilantes disseram que ouviram barulhos de objetos sendo arrastados, mas não souberam informar se havia outros assaltantes ajudando na ação. A quadrilha ficou cerca de duas horas no interior da empresa. Além dos equipamentos e mercadorias, os assaltantes levaram os veículos dos vigilantes.



Escrito por Fonte às 20h54
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Shoppings precisam montar esquemas de segurança, diz presidente de associação de vigilância - SP

Jornal R7-30/05/11: Após um novo assalto a um shopping de São Paulo, que terminou com a morte de um policial militar reformado, no sábado (28), o presidente da Abrevis (Associação Brasileira das Empresas de Vigilância), José Jacobson Neto, afirma que esses estabelecimentos precisam montar fortes esquemas de segurança para reduzir o tipo de crime. Segundo ele, é necessário mudar o tipo de trabalho que é desenvolvido atualmente.

 

- Os shoppings precisam voltar a contratar vigilantes e a montar esquemas de segurança que sejam muito bem feitos, e que mostrem que há uma integração entre policiais e vigilantes. Hoje não acontece isso. Os vigilantes estão mais na parte periférica externa [dos estabelecimentos] e na parte interna há mais fiscais de piso.

 

Neto explica que vigilantes são treinados e formados por uma academia e fiscalizados pela Polícia Federal, além de serem reciclados a cada dois anos.

- Os fiscais são profissionais que não estão preparados para fazer a devida segurança de um shopping.

 

O presidente ainda afirmou que o ideal é fazer a segurança preventiva nos shoppings, mas caso haja um assalto, os policiais não devem reagir ao roubo.

 

- Os bandidos vêm fortemente armados e não recomendamos que seguranças de shoppings fiquem armados. Eles devem ter botões de pânico e o shopping deve ter câmeras com boas resoluções.

 

Em 2010, foram registrados 20 assaltos a shoppings durante todo ano e, só até maio de 2011, pelo menos 16 estabelecimentos foram alvo dos criminosos. No último sábado, a loja Casa das Alianças, que fica em frente à praça de alimentação do shopping Metrô Itaquera, na zona leste de São Paulo, foi alvo dos criminosos.

 

Os bandidos chegaram bem vestidos, sem levantar suspeitas. Eles entraram na Casa das Alianças e anunciaram o assalto para os funcionários da loja. Eles recolheram vários relógios e joias, e colocaram tudo dentro de um saco. Na fuga, houve um tiroteio.

 

O policial militar aposentado que estava no shopping percebeu o roubo e persegui os ladrões. Na escada rolante, o PM sacou a arma e deu voz de prisão. Os bandidos reagiram e, na troca de tiros, o ele foi atingido e morreu. Um dos criminosos também foi baleado acidentalmente pelo próprio comparsa.

 

Os bandidos correram para o estacionamento, onde cada um roubou um carro e fugiu, mas acabaram sendo presos. O Gate (Grupo de Operações Táticas Especiais) foi acionado na ocorrência para desativar uma suposta bomba deixada pelos bandidos para intimidar os funcionários do shopping.

 

Roubo

Não é a primeira vez que o shopping Metrô Itaquera é alvo dos bandidos. No dia 19 de dezembro do ano passado, bandidos invadiram a loja de departamento C&A e levaram R$ 30 mil.

 

Segundo a assessoria do shopping Metrô Itaquera, não vão ser divulgadas questões sobre aumento de policiais e vigilantes responsáveis pela proteção do estabelecimento por questões de segurança. O shopping também não quis informar se tomará alguma medida para evitar novos assaltos. Eles afirmara apenas que "diariamente são tomadas medidas de segurança".



Escrito por Vigilante às 20h41
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Entidades civis fazem almoço para ajudar vigia agredido na Lojas Americanas - MS

Jornal Capital News-30/05/11: O vigia Márcio Antônio de Souza, 33 anos, vítima de agressão no dia 23 de abril nas Lojas Americanas, terá que contar com a solidariedade para realizar uma cirurgia no seu nariz. Isso porque a Lojas Americanas não prestou auxílio algum para vítima. A intervenção cirúrgica custa R$ 13 mil, mas a Caixa de Assistência dos Servidores Públicos de MS (Cassems), solidariamente, assumiu a responsabilidade por esse custo.

 

Além da cirurgia, a vítima ainda terá despesas específicas com médico-cirurgião e anestesista, precisando de R$ 1,6 mil. Na semana passada, durante audiência na Câmara, a loja se defendeu, alegando que não houve agressão e que a vítima quem teria iniciado a agressão ao atacar o segurança.

 

Fonte: Wendell Reis - Capital News



Escrito por Vigilante às 20h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Secretaria da Saúde é assaltada, bandidos batem em vigia e roubam pick up e valores - PB

Jornal Paraíba-30/05/11: A Secretaria de Saúde de João Pessoa foi assaltada na última sexta-feira (27) às 21h20. A invasão aconteceu pela avenida Júlia Freire. Cinco bandidos armadas em uma pick up montana roubada surpreenderam o guarda municipal de plantão.

 

Segundo informações da Polícia, os bandidos chegaram a bater no vigia, depois tentaram arrombar o cash, que fica na Secretaria, mas sem sucesso.

 

Os bandidos pegaram as chaves das salas e abriram várias delas roubando tudo que encontravam de valor o que tinha de valor.

 

No final da ação eles levaram uma pick up corrier, de propriedade da Prefeitura Municipal de João Pessoa.



Escrito por Vigilante às 20h20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Suspeito leva tiro ao invadir pátio de empresa de Canoinhas - SC

Jornal Correio do Norte-30/05/11: Dois homens foram flagrados pelo vigia da empresa Lavrasul na noite de domingo, 29, invadindo o pátio da empresa. Segundo o vigia, um deles portava uma barra de ferro e o outro, uma arma de fogo. O vigia teria disparado um tiro para o alto na tentativa de afugentar os supostos ladrões. Os suspeitos teriam revidado, levando o vigia a disparar um segundo tiro, que teria atingido um dos suspeitos, de 40 anos.

 

O Corpo de Bombeiros foi chamado e conduziu o ferido para o Pronto Atendimento Municipal. Ele já recebeu alta médica e foi indiciado por tentativa de furto. Os dois suspeitos estão presos.

 

O vigia que atirou contra o suspeito prestou depoimento e foi liberado. A Polícia abriu inquérito para apurar o caso.



Escrito por Vigilante às 20h13
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Anastácio: homem pretendia matar esposa em clube - MS

Jornal Rádio Difusora AM 1340-30/05/11: Um jovem de 20 anos foi abordado na portaria do Clube Forrozão, na madrugada de domingo (29),foi preso pela Polícia Militar após a guarnição ter sido acionada por seguranças do local. Um deles percebeu que o acusado carregava na cintura um revolver. O autor desferiu um soco no segurança tentando se desvencilhar, porém, foi contido e imobilizado por outros seguranças, que tiraram da cintura do autor um revólver calibre 38 municiado com seis cartuchos intactos.

 

A PM realizou revista minuciosa e encontrou dentro do tênis (embaixo da palmilha), mais seis cartuchos intactos também calibre 38. Como o jovem apresentou uma versão à PM de que pretendia matar sua esposa, os PMs se dirigiram à casa dela, entretanto, a esposa dele não confirmou nenhum desentendimento entre ambos e acabou entregando mais seis estojos calibre 38 que estavam na gaveta do guarda-roupa. O autor foi detido e encaminhado à delegacia local juntamente com a arma e munições apreendidas.



Escrito por Vigilante às 20h06
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Bandidos rendem PMs, assaltam três bancos e fazem arrastão em Ibiassucê - BA

Jornal Correio 24horas-30/05/11: Um grupo de cerca de 10 homens fortemente armados realizou um assalto às agências do Banco do Brasil, Bradesco e Caixa Econômica Federal, no município de Ibiassucê, sudoeste da Bahia, na manhã desta segunda-feira (30), levando pânico à população da cidade.

 

Depois de trocar tiros com seguranças, agredir moradores e render policiais militares, os criminosos também roubaram casa lotérica, agência dos Correios e diversos estabelecimentos comerciais, de acordo com informações do site Brumado Notícias.

 

“Está parecendo um campo de guerra. São muitos bandidos e a cidade está bombardeada de tiros, nunca vi uma coisa dessa aqui em. O governo precisa tomar alguma providência urgente, pois estamos sem segurança”, disse uma moradora para o site da região, que recebeu dezenas de ligações de moradores da cidade nesta segunda.

 

O 17º BPM de Guanambi, cidade vizinha, confirmou a ação dos bandidos e enviou reforços para Ibiassucê, mas os militares ainda não chegaram ao local e não há confirmação do número de estabelecimentos roubados, quantidade de bandidos e estabelecimentos roubados.

 

Assalto em Boninal

Cerca de dez homens armados e encapuzados assaltaram a agência do Banco do Brasil do município de Boninal, na região da Chapada Diamantina, por volta das 9h de hoje, segundo a polícia civil da cidade. De acordo com a escrivã Rosana Rocha,a ação foi muito rápida e os policiais das cidades vizinhas, como Lençõis, Andaraí, Palmeiras e Seabra estão apoiando a busca aos criminosos.

 

Os criminosos que efetuaram diversos disparos durante a ação levaram como reféns, o gerente do banco, dois seguranças e um funcionário, que foram liberados logo em seguida em uma estrada próxima ao povoado de Nova Colina. "Aconteceu há cerca de uma hora. Os policiais conseguiram recuperar a caminhonete S10, de cor prata, abandonada pelos assaltantes no meio do caminho durante a fuga", contou a escrivã.

 

Há cerca de três meses a mesma agência bancária foi assaltada. A polícia não informou o valro roubado pelos bandidos. Ninguém ficou ferido. A caminhonete dos criminosos está no pátio da delegacia.



Escrito por Vigilante às 19h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Bandidos arrombam e assaltam Banco do Brasil de Capoeiras - PE

Jornal NE10-30/05/11: A agência do Banco do Brasil, da cidade de Capoeiras, Agreste de Pernambuco, foi assaltada na manhã dessa segunda-feira (30)

 

De acordo com a Polícia Militar, três homens armados entraram na agência do Banco e quebraram a porta de entrada do banco, rendendo os seguranças, clientes e funcionários da agência. Foi levado o dinheiro dos caixas de atendimento do banco e as armas dos seguranças.

 

Ainda não se tem a estimativa do valor que foi levado pelas assaltantes que fugiram.



Escrito por Vigilante às 19h54
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Delegado atira em policiais militares em Goiânia - GO

Jornal R7-30/05/11: Um delegado da Polícia Civil de Brasília atirou em dois policiais militares após uma discussão em um parque de exposições em Goiânia, capital de Goiás.

 

O delegado estava em uma festa quando se envolveu na briga. Os seguranças, que eram policiais militares de folga, tiraram o suspeito da boate. Do lado de fora, o delgado atirou em um dos policiais. O homem teve de ser operado, mas passa bem. O delegado foi preso em flagrante por tentativa de homicídio.



Escrito por Vigilante às 19h49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Bando encapuzado assalta agência do Banco do Brasil na Bahia

Jornal Notícias Terra-30/05/11: Seis homens armados e encapuzados assaltaram na manhã desta segunda-feira a agência do Banco do Brasil da cidade de Boninal, a 513 km de Salvador. De acordo com a polícia, a ação durou cerca de 30 minutos e, neste período, os bandidos efetuaram vários disparos, fugindo em seguida.

 

A polícia afirma que ninguém ficou ferido. Na fuga, os bandidos levaram o gerente, dois seguranças, um funcionário e alguns clientes como reféns. Eles foram liberados logo em seguida, junto com o carro usado, em uma estrada próxima ao povoado de Nova Colina.

 

O banco não divulgou o valor roubado e policiais das cidades de Lençóis, Andaraí, Palmeiras e Seabra apóiam a busca aos criminosos. Até as 11h ninguém havia sido localizado.



Escrito por Vigilante às 19h41
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Vigilante é preso em PE suspeito de estuprar enteadas adolescentes

Jornal G1-30/05/11: A Polícia Civil de Pernambuco prendeu na última sexta-feira (27) um vigilante de 32 anos suspeito de estuprar duas enteadas de 8 e 14 anos.

 

A prisão ocorreu em um sítio na zona rural de Araripina, em Pernambuco, onde o vigilante vivia com as crianças.

 

Segundo a polícia, o crime passou a ser investigado após a mãe das garotas procurar a polícia para denunciar o marido por agressão. Em depoimento, ela contou também que as filhas eram abusadas sexualmente pelo padrasto.

 

Preso, o vigilante confirmou o abuso e disse que ameaçava as vítimas para que não denunciassem o ocorrido, conforme a polícia. Ele foi indiciado por estupro e encaminhado à cadeia da cidade.



Escrito por Vigilante às 10h00
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



PM prende 09 pessoas por receptação e recupera móveis furtados - MT

Jornal Tôsambendo-30/05/11: A 10° CIPM de Aripuanã -MT / CR VIII por meio do serviço de inteligência localizou vários móveis que haviam sido furtado de um Hotel na Cidade.

 

O hotel encontra-se fechado, porém nem com a presença de vigias as pessoas se intimidam. Em uma ausência dos vigias, várias pessoas aproveitaram para furtar todos os móveis e depredar o hotel.

 

A GUPM de serviço foi até o Bairro onde esses móveis estavam escondidos e em várias casas foram localizados os móveis, sendo reconhecidos pela Senhora responsável pelo hotel, e prendendo 09 pessoas.

 

Dentre os móveis estão: 08 mesas, 03 bancos, 02 balcões, 08 mesas de centro, 01 ventilador de teto, 04 portas de madeira, 19 guarda-roupas, todos em cerejeira.

 

As suspeitas foram encaminhadas para a Delegacia Judiciária Civil juntamente com todos os móveis.



Escrito por Vigilante às 09h50
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Disfarçados de vigilantes, homens assaltam empresa em Porto Alegre - RS

Jornal Zero Hora-30/05/11: A polícia faz buscas a uma quadrilha que assaltou o depósito da empresa Souza Cruz na zona norte de Porto Alegre no começo da madrugada de segunda-feira. De posse dos uniformes e da viatura dos vigilantes, doi homens se dirigiram até o depósito da empresa no bairro Navegantes, em Porto Alegre. Os homens entraram no pavilhão, anunciaram o assalto e renderam o segurança. A dupla roubou um caminhão carregado de cigarros e o cofre da empresa.

 

O assalto foi por volta das duas horas, dois homens renderam os vigias da empresa de segurança que faria a escolta da carga, em Cachoerinha. O automóvel da empresa de segurança foi localizado na Avenida Guilherme Schell, em Canoas. A empresa ainda calcula o prejuízo.



Escrito por Vigilante às 09h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Instalação de empresa gera novas oportunidades de emprego - MG

Jornal Barbacena-30/05/11: Mais uma empresa será instalada em Barbacena. A Proforte S/A – Transporte de Valores, do Grupo Protege, vai abrir uma filial que atuará como polo na região do Campo das Vertentes.

 

O gerente regional da empresa em Minas Gerais, Flávio Carrera, e o gerente da unidade de Juiz de Fora, Fernando Amaral Ventura estiveram no gabinete da prefeita Danuza na última semana. De acordo com Fernando Amaral Ventura, Barbacena foi escolhida para sede regional por ser um “polo econômico respeitável, com diversas indústrias e mercado de trabalho favorável”.

 

Com a instalação da empresa, novos postos de trabalho serão gerados. Serão vagas para vigilantes (curso A e B), tesouraria, auxiliar de escritório e outras na área administrativa. Os interessados em concorrer a uma das vagas na empresa podem deixar o currículo na sede da Proforte. Em Barbacena, a nova sede irá atender na avenida Prefeito Simão Tamm Bias Fortes no antigo galpão da Skin. A empresa deve começar seus trabalhos em julho.



Escrito por Vigilante às 09h36
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Beatriz Árias é acusada de ameaçar viúva de morte - MT

Jornal Midia News-29/05/11: A ex-escrevente Beatriz Árias Paniagua e o irmão dela, Joamildo Aparecido Barbosa, são acusados de ameaçarem de morte Fabiany Benedita Árias, que registrou boletim de ocorrência na Central de Flagrantes, em Cuiabá. A vítima é parente da dupla e viúva do ex-vigia Fernando Barbosa Belo, 39, condenado por participação no assassinato do empresário e jornalista Sávio Brandão. Belo foi executado em dezembro.

 

Belo foi executado a tiros em 

dezembro e tinha participado 

na morte de Sávio Brandão

O BO foi registrado na segunda-feira (23) e relata que Fabiany estava em casa, no sábado (21), quando Beatriz e o irmão chegaram e a intimidaram por causa de um depoimento prestado à Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), onde a mulher relatou que Joamildo teria participado da morte do marido. Na Central de Flagrantes, os funcionários informaram que a denúncia ainda seria investigada.

 

A mulher deixou Cuiabá depois que Belo foi assassinado e atualmente mora em Rondônia, onde o esposo tinha família. As razões para estar na Capital mato-grossense não foram reveladas.

 

Uma cópia do BO foi encaminhada para a Delegacia das Mulheres e outra para a DHPP. O delegado André Renato Gonçalves, que investiga a morte do ex-vigia, não confirmou a participação de Joamildo no crime, mas garante que o caso está em andamento.

 

Beatriz Árias e Joamildo têm histórico de homicídios. Ela é apontada como co-autora do assassinato do juiz Leopoldino Marques do Amaral, morto a tiros em setembro de 1999, no Paraguai.

 

Esta semana a ex-escrevente recebeu, pela segunda vez, o benefício da liberdade condicional para cumprir o restante da pena de 12 anos pelo homicídio do magistrado. Ela já "pagou" 2/3 do tempo estipulado pela Justiça.

 

Condenada em maio de 2001, Beatriz já recebeu várias progressões e regressões de regime prisional. Em 10 anos de condenação, ela recebeu 6 benefícios e teve a prisão novamente decretada por 3 vezes. Entre as motivações para mantê-la segregada estão o falso testemunho apontando que Leopoldino estava vivo, acusação de tráfico de drogas e suposto envolvimento em um esquema de cobrança de propina para influenciar no andamento dos processos da 2ª Vara de Execuções Penais.

 

Belo - O ex-vigia foi assassinado em 29 de dezembro do ano passado quando construía o muro da casa dele, no bairro Doutor Fábio 1. Ele foi abordado por 2 jovens, que anunciaram um suposto assalto, sacaram a arma e atiraram várias vezes. Ele tentou fugir pelo corredor lateral do imóvel, passando pelos fundos da casa do vizinho, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Já na época do crime, a família denunciou não se tratar de assalto e sim de execução.

 

Belo cumpria regime semiaberto por participação na morte de Sávio Brandão. Ele foi condenado em setembro de 2005 a 13 anos de prisão por ter pilotado a motocicleta que levou Hércules Agostinho Araújo até o local, onde o empresário foi morto.



Escrito por Vigilante às 07h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Homens invadem Fórum de Mogi das Cruzes e furtam armas - SP

Jornal Folha-29/05/11: A polícia civil investiga um furto de armas que aconteceu por volta das 2h deste domingo, no Fórum de Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo. Segundo o vigia do Fórum, dois homens arrombaram as portas e saíram com as armas enquanto ele chamava a polícia.

Após a ligação, policiais militares foram até o Fórum, onde foram recebidos pelo vigia. Ele informou aos policiais que estava no prédio quando, no andar de cima, viu dois homens encapuzados. Um deles estava armado, no estacionamento dos fundos.

 

O vigia teria descido até a copa, de onde ligou para a polícia e ficou aguardando a chegada dos policiais. Enquanto aguardava, ele ouviu o barulho da porta de entrada do andar sendo arrombada.

 

Segundo a SSP (Secretaria de Segurança Pública), a porta do andar de acesso ao depósito estava levantada e os PMs apreenderam um pé de cabra no local. Os policiais constataram que a porta da sala de armas estava aberta, o cadeado danificado e que as armas haviam sido furtadas.

 

No lado externo do prédio, os policiais encontraram um revólver calibre 38, retirado da sala.

 

A ocorrência foi registrada pelo 1º DP de Mogi, como furto qualificado. Segundo a SSP, ainda não foi feito o levantamento das armas furtadas.

 



Escrito por Vigilante às 15h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Universidades abrem mão da PM, mas se protegem com vigilantes - RS

Jornal iG-29/05/11: Após o estudante Felipe Ramos de Paiva, de 24 anos, morrer com um tiro na cabeça na Universidade de São Paulo (USP), o Conselho Gestor da instituição aprovou o patrulhamento ostensivo da Polícia Militar dentro do campus. Até então, a segurança dos 4,7 milhões de metros quadrados do local era feita por 114 agentes da guarda universitária, e a PM só entrava caso houvesse alguma ocorrência ou fosse chamada. O modelo que utiliza agentes contratados ou terceirizados, agora em debate, é similar ao da maioria das universidades públicas brasileiras que, apesar de sentirem necessidade de se proteger, abrem mão presença da polícia.

 

No Rio Grande do Sul, mesmo após uma tentativa de roubo em 2003 ter resultado na morte de um vigilante que reagiu ao assalto na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), as duas principais federais do Estado não contam com a PM. De lá para cá, não foram registrados crimes contra a vida de estudantes, funcionários e professores na UFRGS, mas um homem foi morto a tiros no terminal de ônibus que fica na entrada do campus em dezembro do ano passado.

 

Segundo Daniel Pereira, que coordena há oito anos a segurança nos quatro campi da instituição em Porto Alegre, vigilantes concursados pela universidade e por uma empresa privada de segurança contratada por meio de licitação, além de sistemas de monitoramento, fazem o trabalho. A PM realiza apenas rondas no Campus do Vale, que é maior, fica numa região afastada da cidade e por ele passam linhas de ônibus. "Por uma questão de competências, não temos Polícia Militar na universidade, o que há é um bom relacionamento com as forças de segurança do Estado", explica Pereira.

 

Neste ano, foram registradas apenas furtos de bicicleta no sistema pelo qual os alunos podem relatar ocorrências dentro da universidade. Em 2009, um homem armado disparou dois tiros no interior da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, mas não houve feridos. A reclamação maior dos estudantes, que já realizaram protestos por segurança, é quanto a roubos e furtos nas ruas próximas aos campi da UFRGS na região central de Porto Alegre.

 

Ao contrário da UFRGS, que tem unidades espalhadas na capital, o campus da Universidade Federal de Santa Maria, na região central do Rio Grande do Sul, é quase todo concentrado em uma área afastada da cidade. A universidade já registrou casos de violência, principalmente à noite, já que o campus fica praticamente na área rural do município. Cerca de 150 seguranças, entre concursados e funcionários de duas empresas terceirizadas, fazem a vigilância com o auxílio de duas viaturas e câmeras de vigilância. A entrada de veículos, liberada durante o dia, tem mais controle à noite e nos finais de semana. O pró-reitor de infraestrutura da instituição, Valdir Brondani, diz que as ocorrências de furto diminuíram após a ampliação do número de salas monitoradas por câmeras.

 

USP é bastante arborizada 

e o campus Butantã tem 

regiões pouco iluminadas. 

Problema acontece em 

outras universidades

Na USP, antes mesmo da polêmica gerada pelo crime, o aumento do número de furtos de veículos fez com que a instituição requisitasse um reforço no monitoramento do campus Butantã desde o último dia 25 de abril. Quatro viaturas e duas motos patrulham e fazem bloqueios em diversos pontos do campus, segundo o 16º Batalhão da Polícia Militar, o mais próximo a USP. Agora, um protocolo de atuação para a PM na universidade está sendo fechado e a presença passará a ser definitiva. A Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade terá até agosto um plano próprio de segurança. Segundo o diretor da unidade, Reinaldo Guerreiro, 150 câmeras de vigilância foram instaladas em corredores e salas de aula – quase o dobro das câmeras do serviço de vigilância da USP, 85.

 

Controle na estrada diminui número de ocorrências

De acordo com o diretor de segurança da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Armando Nascimento, um mês antes do crime, ele havia estado na USP para repassar as experiências e ações de combate a crimes no campus pernambucano.

 

"Se houvesse um controle maior na entrada do campus da USP, sem dúvida as chances do crime acontecer seriam bem menores", disse Nascimento.

 

Levantamentos internos mostram que quando a segurança deixou de ser armada na UFPE - o que ocorreu na última quinzena de 2005 - os números de criminalidade aumentaram significativamente. Em 2005 foram registrados apenas quatro roubos - sendo três dentro do campus e um nos arredores. Em 2006 foram 92 - 25 dentro do campus e 67 nos arredores.

 

Observando os crimes - geralmente roubos de telefones celular - foi concluído que 80% era realizado por usuários de motos e bicicletas. Em 2007, então, foram instaladas catracas nas entradas do campus, e a entrada de bicicletas e motos só poderiam acontecer pelas guaritas de segurança, que também controlam a entrada de veículos.

 

Apesar de trabalhar de forma integrada com a PM, a segurança do campus 149 hectares é feita por 320 servidores e há ainda um reforço de uma empresa de segurança privada, com 20 homens armados. Seis veículos e 32 câmeras são utilizados. Já está em processo de licitação outro aparato que utilizará mais 26 câmeras - destas, 12 serão instaladas nos arredores da universidade.

 

"Não podemos vetar a entrada de pessoas na universidade, pois é um órgão público, mas podemos controlar quem entra", afirma Nascimento.

 

Para estudantes da UFPE, no entanto, as ações são insuficientes para combater os crimes e a comunidade acadêmica se sente insegura no campus.

 

"Nem penso em caminhar nas pistas de cooper durante a noite, pois a iluminação aqui não é boa", afirmou a dona de casa Ana Maria.



Escrito por Vigilante às 08h46
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Vigia é espancado durante roubo - PR

Jornal Bonde-28/05/11: Um guarda municipal do Centro Social Urbano, em Arapongas, que não teve identidade revelada, foi espancado na madrugada deste sábado (28). De acordo com a Polícia Militar, três homens invadiram a sala e renderam o guarda. O agente foi agredido a socos e pontapés. Os bandidos buscavam dinheiro.

 

Rendido, o guarda foi levado até sua casa e teve R$ 5 mil em espécie roubados. A Polícia Civil investiga o caso. O delegado não foi localizado para explicar o caso.

 

Durante a manhã deste sábado, a prefeitura de Arapongas divulgou uma nota sobre o caso e explicou que a vítima não integrava a Guarda Municipal, embora a polícia militar declare a pessoa como sendo um. A corporação conta com mais de 60 pessoas, todos trabalham uniformizados e as únicas armas que possuem são não letais (taser e cacetete), mas não cobrem o Centro Social Urbano.

 

Abaixo, segue a nota:

Cumpre-nos informar que não se trata de um guarda municipal e sim de um vigia noturno que não trabalha armado. O Secretário de Segurança de Arapongas, Major Arduin, ciente dos fatos, informa que manteve contato com o comando da Polícia Militar em Arapongas para que este faça a correção do relatório de ocorrências emitido à imprensa.

 

Acrescenta o Major Arduin que já determinou inicio de investigação para melhor apuração do fato ocorrido.

 

Assessoria de Imprensa do Município de Arapongas.



Escrito por Vigilante às 08h24
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Suspeitos usam maçarico para furtar caixa eletrônico - SP

Jornal EPTV-28/05/11: Um posto de atendimento do banco Bradesco, localizado ao lado da prefeitura, no centro de Taquaral, foi furtado na madrugada deste sábado (28).

 

Segundo a Polícia Militar, o vigia da prefeitura foi rendido e colocado dentro de um barracão próximo ao banco. Os suspeitos estouraram a porta de vidro da entrada e abriram o caixa eletrônico com um maçarico.

 

A quantia roubada ainda não foi divulgada. Ninguém foi preso.



Escrito por Vigilante às 08h19
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Vereador defende investigação sobre tiros na Câmara - MT

Jornal Midia News-28/05/11: O vereador Antônio Fernandes (PSDB) afirmou, em entrevista ao MidiaNews, que não descarta a possibilidade de abertura de uma Comissão Investigativa para apurar a troca de tiros que houve na madrugada de quinta-feira (26), na Câmara Municipal de Cuiabá. Os tiros ocorreram entre um assaltante, que se passou por chefe de segurança, e um vigia noturno da Casa.

 

Para vereador Antônio Fernandes, 

Comissão poderá apurar o que 

ocorreu com sistema de filmagens

Conforme o parlamentar, a proposta já começou a ser avaliada pelo presidente, vereador Júlio Pinheiro (PTB). Caso haja um consenso de que a Comissão possa interferir de forma essencial nas investigações, a proposta será feita na próxima semana.

 

Além da avaliação de Pinheiro, a entrega do relatório do que ocorreu no equipamento de filmagens na hora dos tiros será importante para decisão de sugerir a Comissão. O equipamento, conforme explicação dos técnicos após o incidente, reinicia automaticamente às 23h54, voltando seis minutos depois, tempo exato que os tiros foram disparados.

 

"Se existe um sistema de câmeras, ele tem que funcionar 24 horas. Se isso é uma falha do sistema ou acontece normalmente, quem fez isso sabia que as gravações paralisavam por seis minutos e entrou em ação no momento exato. Ou a equipe técnica se explica ou a Comissão irá apurar o que aconteceu", disse Fernnades.

 

A abertura da Comissão, porém, ainda não é um consenso entre os vereadores. Para Everton Pop (PP), é preciso que tudo seja investigado e apurado para entender exatamente o que ocorreu e o que motivou o possível assalto.

 

Já para o vereador Lúdio Cabral (PT), as investigações são necessárias, mas não por parte da Câmara. "Na minha avaliação, tem que investigar, mas tem que ser a Polícia, não nós vereadores. Nós não temos instrumentos para averiguar o que ocorreu. A única coisa que poderia ensejar uma investigação na Câmara é se o equipamento foi desligado por alguém, ou seja, se há algum problema de ordem administrativa. Aí, sim, cabem uma sindicância e um processo administrativo", afirmou.

 

Apesar de levantar suspeitas de uma motivação política, os parlamentares rejeitaram a ideia, pelo menos, por enquanto. Ainda assim, Fernandes lembrou que o fato é estranho, por não haver caixas eletrônicos ou equipamentos de valor para a ação dos bandidos.

 

"Poderia ser até o roubo de equipamentos ou, ainda, de algum processo, mas não vou acusar ninguém sem ter provas. O que a troca de tiros deixou, além dos danos materiais, é a decepção de, mais uma vez, o parlamento ser agredido, da agressividade contra o Poder Legislativo", disse.

 

Fragilidade no sistema

A troca de tiros na madrugada desta quinta-feira (26) expôs a fragilidade do sistema de segurança da Câmara Municipal, mais uma vez. Desde o início do ano, esta é a terceira ação, ou tentativa de ação, contra o Legislativo cuiabano.

 

Na semana passada, houve uma tentativa de danificar equipamentos de filmagem. Além disso, em janeiro, uma mulher furtou dois HDs (discos rígidos que armazenam dados) dos computadores onde ficavam informações funcionais e de remuneração dos servidores, em horário de almoço. Ela não teria encontrado nenhum problema para arrombar a porta.

 

Para o vereador Antônio Fernandes, pela estrutura física, a Câmara deveria ter mais de um segurança noturno. "O prédio precisa de mais um vigilante, temos um sistema frágil e que precisa passar por reformulação", disse.



Escrito por Vigilante às 08h13
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Grupo invade restaurante e troca tiros com seguranças - MT

Jornal Midia News-28/05/11: Três homens armados com revólveres invadiram um restaurante no Distrito Industrial, em Cuiabá. Eles renderam clientes e funcionários. Após amarrar e trancar algumas vítimas num dos banheiros, os ladrões roubaram celular e dinheiro. O assalto ocorreu ontem, por volta das 22h30.

 

Na fuga, roubaram o Gol de uma cliente que estava estacionado em frente. Seguranças de uma empresa, localizada em frente do restaurante, saíram em perseguição e os bandidos atiraram contra o carro. Minutos depois, os ladrões abandonaram o automóvel, no bairro Nova Esperança.

 

Policiais militares foram acionados e cercaram o local, mas não localizaram os criminosos. O roubo está sendo investigado pela Delegacia do Complexo do Coxipó.



Escrito por Vigilante às 08h03
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Seguranças agridem manifestantes na Marcha da Liberdade em São Paulo

Jornal Folha-28/05/11: A Marcha da Liberdade começou por volta das 16h deste sábado na avenida Paulista, região central de São Paulo, e já registra uma ocorrência. Seguranças do Conjunto Nacional agrediram manifestantes do Movimento Passe Livre, que estenderam uma faixa no último andar do prédio. Participam da marcha cerca de 4.000 pessoas, segundo cálculo inicial da Polícia Militar.

 

Os representantes do movimento subiram até o último andar do Conjunto Nacional e estenderam uma faixa preta grande com os seguintes dizeres em branco: "O aumento do ônibus continua um roubo. Tribunal de Justiça faça justiça social já. Impugnação do aumento".

 

A faixa ficou estendida por cerca de um minuto, enquanto todos os presentes na manifestação aplaudiam. Seguranças do Conjunto Nacional subiram até o último andar do prédio, agrediram os manifestantes e recolheram a faixa.

 

Até as 16h50 não havia registro de outras ocorrências.

 

No mesmo horário, a marcha ocupava duas faixas da avenida Paulista, no sentido Consolação, e passava em frente ao metrô Consolação.

 

Representantes do Movimento Passe Livre, de músicos, de artistas, de GLBT [gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros], da Bicletada, de movimentos raciais, entre outros, compareceram à marcha.

 

Confronto na marcha da maconha

Cerca de 4.000 pessoas participam 
de ato em SP, segundo estimativa 
inicial da PM

Durante a Marcha da Maconha, no último dia 21, cerca de 700 pessoas bloquearam a avenida Paulista, no sentido da Consolação, em protesto contra a proibição judicial que a considerou o movimento ilegal.

 

Na ocasião, cerca de cem policiais militares, a maioria da Tropa de Choque, estavam no local e houve confronto. Com balas de borracha e bombas de efeito moral, a PM perseguiu por 3 km os manifestantes. O repórter da TV Folha Felix Lima foi agredido e teve seu equipamento danificado pela Guarda Civil Metropolitana. Seis pessoas foram detidas e ao menos duas se feriram. Os detidos foram liberados no início da noite.

 

A PM atribuía a ação à necessidade de cumprir ordem judicial. Oficialmente, a corporação disse que a reação se deveu à iminência de briga entre manifestantes e skinheads, que provocaram alguns participantes.



Escrito por Vigilante às 07h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


                                                  Todas as notícias republicadas aqui são linkadas na fonte para os sites de origem das matérias.